Uma nova pesquisa divulgada no início da noite desta quinta-feira (4) confirmou a tendência de subida do candidato do PSL à Presidência da República Jair Bolsonaro. Agora, capitão reformado do Exército aparece com 35% das intenções de votos, três pontos a mais que no levantamento divulgado há dois dias.

Ainda de acordo com o Datafolha, o principal rival de Bolsonaro na disputa presidencial, o petista Fernando Haddad, oscilou um ponto positivamente, agora tendo 22% da preferência do eleitorado, porém a distância para o primeiro colocado aumentou para 13 pontos.

Publicidade
Publicidade

Ciro Gomes (PDT) segue em terceiro lugar, com os mesmos 11%, enquanto que o tucano Geraldo Alckmin caiu de 9 para 8%. Marina Silva segue com 4% das intenções de votos e já não é nem mais colocada nas simulações de segundo turno.

Votos válidos

O Datafolha também divulgou números considerando apenas votos válidos, ou seja, desconsiderando brancos, nulos e os eleitores indecisos. Essa é a contagem que o TSE usa para definir o resultado do pleito.

Levando em conta os votos válidos, Bolsonaro tem 39% das intenções de votos, contra 25% de Fernando Haddad e 13% de Ciro Gomes.

Publicidade

Segundo turno

Na simulação de segundo turno, Bolsonaro voltou a aparecer na frente de Haddad, tendo agora 44% das intenções de votos contra 43% do petista. O militar, no entanto, ainda perde para Ciro Gomes (48% a 42%) e Geraldo Alckmin (43% a 42%).

Rejeição

Também foram divulgados números sobre a rejeição de cada candidato, onde ao ser questionado em quem não votaria de jeito nenhum, o eleitor poderia citar mais que um candidato.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Eleições

Bolsonaro, apesar estar melhorando nesse índice, ainda é o candidato mais rejeitado, apontado por 45% dos entrevistados.

No entanto, Fernando Haddad tem se aproximado cada vez mais, e já acumula índice de rejeição de 40%. Marina Silva aparece com 28%, Geraldo Alckmin com 24%, Ciro Gomes 21% no índice de rejeição.

O Datafolha ouviu 10.930 eleitores nesta quarta (3) e quinta-feira (4), e a margem e erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Adversários querem impedir entrevista

Seguindo recomendação médica, Jair Bolsonaro não irá participar do debate entre os candidatos à Presidência da República, promovido pela Rede Globo. No mesmo horário, a TV Record promete exibir uma entrevista exclusiva com o candidato do PSL. Por conta disso, as candidaturas de Fernando Haddad e Ciro Gomes foram ao TSE impedir que a entrevista seja exibida pela emissora de Edir Macedo.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo