O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, voltou a fazer duras críticas às reportagens veiculadas pela Folha de São Paulo. Ele chegou a dizer que as informações publicadas pelo jornal são menos sérias do que revista de piada.

Bolsonaro lamenta tantas reportagens que ,segundo ele, só tendem a prejudicá-lo por expôr um lado de Esquerda. De acordo com o capitão, "a mamata da Folha de S. Paulo vai acabar". Ele disse que isso não será feito com censura, mas avisou que, se eleito, vai secar o dinheiro público que é usado para fazer ativismo político.

Ele criticou as matérias tendenciosas do jornal e colocou sob suspeita a credibilidade das matérias. O desabafo de Bolsonaro foi feito através de seu Twitter.

As reclamações dele tem aumentado diante de publicações feitas pelo jornal, na semana passada, relatando supostos planos de empresários que compram pacotes de mensagens de WhatsApp para difamar os petistas. Bolsonaro nega qualquer participação nisso tudo e diz que pedirá investigações da Polícia Federal sobre esse caso. O candidato afirma ser um dos interessados em saber quem tem feito tal esquema ilegal, onde seu adversário, Fernando Haddad (PT), o acusa de participar de reuniões com certas empresas. O capitão quer as provas.

Ameaças a Bolsonaro

De acordo com o presidente do PSL, Gustavo Bebiano, foi aumentado o número de policiais federais que escoltam Jair Bolsonaro. Ele relatou que o candidato tem sido vítima de várias ameaças e acredita que o atentado em Juiz de Fora foi apenas um dos alertas contra o capitão.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Jair Bolsonaro Eleições

Há indícios de o Primeiro Comando da Capital (PCC) teria participado da elaboração do atentado, entretanto, até o momento isso não foi confirmado pelos investigadores.

Conforme relatou a liderança partidária, uma investigação da PF sobre a possível participação do PCC está sob sigilo. A campanha do candidato do PSL tem recebido informações de que precisa redobrar o cuidado. Estamos na reta final das Eleições e o ódio pode se tornar mais visível nas manifestações que envolvem os dois candidatos.

Bebianno acredita que haveria uma real ameaça contra Bolsonaro por ele ser a esperança de um ponto final na criminalidade.

Viés de Esquerda

Na visão de Bebiano, estão surgindo muitas notícias de que a vitória de Bolsonaro seria um problema para a democracia. Segundo ele, esses meios de comunicação estão sendo induzidos ao erro pelas agências de notícias com viés de Esquerda.

O presidente do partido afirmou que o recado que ele daria para a imprensa estrangeira é que Jair Bolsonaro representa uma oxigenação à democracia.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo