Os eleitores do Espírito Santo foram às urnas no último domingo (7) para escolher, entre outros, os 30 deputados estaduais que irão compor a Assembleia Legislativa do Estado.

Entre os candidatos mais conhecidos, pelo menos nas redes sociais, estava a petista Bruna Barbieri. Ela ficou conhecida depois que virou notícia em diversos veículos de comunicação do Brasil, entre eles a Folha do ES, por pedir votos usando pouca roupa.

Atriz, professora de educação física e sambista, Bruna tinha como bandeiras a luta pela criação de uma universidade estadual no Espírito Santo e seguia o chavão de muitos candidatos, como lutar por mais educação, esporte, cultura e inclusão de deficientes físicos na sociedade.

No vídeo oficial de campanha que divulgou em seu Facebook e que também foi veiculado na TV, Bruna termina sua fala com uma frase de duplo sentido: “essa é boa”.

Nas urnas, porém, o resultado de Bruna foi pífio. Em seu Facebook, ela tem mais de 10 mil seguidores. Ao final da apuração, conseguiu apenas 507 votos – 0,03% dos votos.

A eleição para deputado leva em consideração o quociente eleitoral e distribui proporcionalmente as cadeiras disponíveis na Assembleia Legislativa entre as coligações mais votadas.

O PT não se uniu a nenhum outro partido no estado e elegeu apenas uma deputada estadual.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Eleições PT

Iriny Lopes, que alcançou 18.349 votos. Considerando apenas a quantidade de votos, Bruna Barbieri terminou na 310ª posição entre 589 concorrentes. Ela esteve muito longe de ser eleita.

Em sua página no Facebook, além das fotos com pouca roupa, havia críticas ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que recebeu quase 50 milhões de votos e também ajudou a eleger muitos deputados em todo o país.

Daqui a quatro anos, se quiser ser deputada novamente, ou daqui a dois, se quiser uma vaga como vereadora, Bruna Barbieri poderá se candidatar mais uma vez e adotar uma estratégia mais conservadora.

Formação da Assembleia Legislativa do Espírito Santo

Trinta deputados estaduais foram eleitos no Espírito Santo. O mais votado foi Sergio Majeski (PSB), que recebeu 47.015 votos, o que representa cerca de 2,41% dos votos.

O PSL de Jair Bolsonaro elegeu quatro deputados no estado da região Sudeste. O Delegado Danilo Bahiense foi o mais votado entre os parlamentares do partido de Bolsonaro, com 36.064 votos.

Capitão Assunção, Coronel Alexandre Quintino e Torino Marques foram outros candidatos do PSL eleitos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo