O candidato Jair Bolsonaro [VIDEO](PSL) tem crescido bastante nas pesquisas eleitorais nas vésperas da votação e meio a esse fato surge a dúvida se ele poderá vencer já no primeiro turno. Especialistas políticos e analistas não deram uma resposta única para essa pergunta, pois é difícil devido aos votos dos eleitores estarem divididos, mas a BBC News Brasil tentou explicar de forma matemática que sim, é possível que Bolsonaro [VIDEO] ganhe em primeiro turno.

Na última pesquisa divulgada na quinta-feira (4) sobre os votos válidos, o ex-capitão aparece com 39%, faltando superar 11% para alcançar mais de 50% dos votos.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Jair Bolsonaro

Alguns fatores podem contribuir para sua vitória, como a intensificação de votos antipetistas e alguns indecisos e nulos, brancos e abstenções que podem mudar de ideia na reta final das Eleições.

Apesar de difícil, Bolsonaro pode vencer no 1º turno das eleições, explicam especialistas

A cientista e antropóloga Rosana Pinheiro-Machado vem acompanhando a considerada direita conservadora no Brasil e disse que existe uma massa muito grande que é a favor de Bolsonaro e que essa massa pode sim dar a vitória para o ex-capitão no primeiro turno. Ele disse que o avanço do candidato deve-se ao fator de uma mistura entre antipetistas, antifeministas e evangélicos que estão do lado do conservadorismo no país.

Mas o cientista politico Cláudio Couto acredita que para definir o vencedor nesse primeiro turno seria necessário uma transferência de votos muito forte dos outros candidatos, dos indecisos, brancos e nulos para o ex-capitão, já que tem menos de 40% dos votos a seu favor. O cientista acredita que essa transferência é muito difícil de acontecer já que está em cima do dia em que acontece a votação.

Sobre o crescimento de Bolsonaro nas pesquisas, o especialista disse que se deu pelo fato de que alguns eleitores que estavam indecisos e não tinham decidido seu voto nas primeiras pesquisas acabaram passando para ele, mas talvez não seja definitivo e podem mudar de ideia no último momento. O presidenciável também cresceu entre as mulheres nesta última semana, mesmo com protestos contra ele.

Couto disse que historicamente as mulheres costumam demorar para decidir para quem vai seus votos e algumas delas podem ter migrado para o ex-capitão.

Bolsonaro segue liderando nas pesquisas eleitorais e em segundo lugar vem Fernando Haddad (PT). Bolsonaro também acredita que pode vencer no primeiro turno.