Muitas ocorrências estão sendo registradas neste domingo de eleição em todo o Brasil. Além de prisões por boca de urna e depredação de zonas eleitorais, também houve casos de agressão contra mesários e também a morte de dois deles, vitimados por infarto.

De acordo com informações passadas pelo Tribunal Superior Eleitoral, o mesário o João Carlos Félix, de 50 anos, sofreu um infarto fulminante na manhã deste domingo (28), e morreu.

Ele trabalhava na a 156ª zona eleitoral, no Centro Federal de Educação Tecnológica de Nova Iguaçu. A seção foi deslocada para outra sala e a votação seguiu normalmente.

Adriana Brandão, a diretora-geral TRE do Rio de Janeiro, lamentou o ocorrido e prestou condolências à família do mesário, que “estava ali em uma missão nobre e de cidadania”, falou. A outra morte aconteceu em Nova Iguaçu, onde uma mesária de 51 anos também entrou em óbito após um infarto.

Rasgou a roupa do mesário

Em Tocantins, um mesário foi agredido e teve a roupa rasgada pelo eleitor. O fato ocorreu em uma escola do bairro jardim Aureny III, sul de Palmas, quando um eleitor tentou votar sem estar portando a documentação exigida. Ele reagiu após ser advertido pelo mesário e o agrediu. Tanto o eleitor quanto o mesário foram levados para a sede da Polícia Federal.

Votou para o cargo errado e achou que era fraude

No Pará um homem acreditando que sua urna estava fraudada, filmou a cabine de votação e agrediu uma mesária após ser advertido de que não poderia fazer aquilo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Eleições

Ele não chegou a ser preso, pois se identificou como policial militar da reserva. No entanto, a juíza Ana Patrícia Mendes determinou que o homem seja localizado e preso e flagrante.

A confusão aconteceu por conta de um equívoco, ou falta de atenção do eleitor, que imaginou estar votando para presidente quando na verdade deveria primeiro votar para governador do estado. Após digitar o número de seu candidato – e como este número não era de nenhum dos postulantes ao governo do estado – a urna mostrou voto nulo, o que provocou a ira do eleitor, que nas imagens ainda alerta os demais eleitores de que está havendo fraude nas urnas.

Escola depredada em Sorocaba

Em Sorocaba, no interior de São Paulo, uma escola foi invadida durante a madrugada e 10 as 15 urnas que estavam no local foram danificadas. Os invasores ainda deixaram um bilhete escrito “vão para o inferno”. Os equipamentos foram substituídos antes do início da votação, que não chegou a ser atrasada.

Em outra escola da cidade, parte da fiação foi roubada durante a madrugada, e as urnas estão funcionando por baterias.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo