Saiu nesta segunda-feira (1), a nova pesquisa do levantamento realizado pelo Instituto FSB Pesquisa encomendado pelo Banco de investimentos BTG Pactual; de acordo com os dados divulgados o candidato Jair Bolsonaro do PSL (Partido Social Liberal) apareceu abrindo 8 pontos percentuais de vantagem sobre seu principal adversário na corrida presidencial: o petista Fernando Haddad. A pesquisa referida da FSB junto ao banco de investimentos BTG Pactual foi registrada na Justiça Eleitoral no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o alfanumérico: BR-05879/2018 e entrevistou 2.000 pessoas por telefone em 27 Estados da Federação.

Publicidade
Publicidade

Com margem de erro de 2 pontos percentuais tanto para mais quanto para menos e com nível de confiança de 95%, os dados da nova pesquisa presidencial da FSB/BTG Pactual também foi divulgada no site do Poder 360, que considerou: a contagem dos votos válidos (sem considerar brancos e nulos), a pesquisa estimulada (que é a intenção de votos para presidente), assim como a evolução de todas as pesquisas, mais o 2º turno.

Como dito, os dados válidos são dados apenas aos candidatos, estimulados, neles, Jair Bolsonaro do PSL aparece com 35%, Haddad 27%, Alckmin 12%, Ciro 10%, Amoêdo 5%, Marina 4%, Alvaro 3%, Meirelles 2%, Daciolo e demais ficaram em 1%. Vale lembrar que toda a pesquisa foi realizada do último sábado (29), ao último domingo (30) do mês de setembro.

Pesquisa anterior, intenção e simulações de 2º turno, segundo o FSB/BTG Pactual

Já na pesquisa feita nos dias 28 a 29 de setembro, Bolsonaro tinha 31% e Haddad 24%, Alckmin 11%, Ciro 9%, Amoêdo 5%, Marina 4%, Alvaro e Meirelles 2%. Brancos ou nulos totalizaram 2%, não sabe ou não respondeu foi de 4%.

Foram considerados todos os cenários com Jair Bolsonaro nas simulações de 2º turno, em todos eles Jair aparece empatando dentro da margem de erro, tanto com Ciro quanto com o petista Haddad e o tucano Geraldo Alckmin; no entanto em cenário com Marina do REDE o militar aparece ganhando, segue os números.

Publicidade

Num embate entre Ciro e Bolsonaro o PDTista aparece com 45% contra 41% do militar. Branco, nulo ou nenhum ficou em 12%, não sabe ou não respondeu ficou em 2%.

Já contra Haddad o capitão abre vantagem ainda que técnica: 43% contra 42% do petista, branco, nulo ou nenhum somou 10%, não sabe e não respondeu totalizou 5%.

Em disputa contra o tucano Alckmin, o militar pontuou 41% das intenções enquanto que Geraldo, 42%. Branco nulo e nenhum ficou em 11%.

Não sabe ou não respondeu ficou em 6%.

Por fim, em disputa com Marina, Jair Bolsonaro aparece vencendo, contando com 44% dos votos, contra 39% da ex-senadora. Aqui, branco, nulo ou nenhum totalizou 15%, não sabe ou não respondeu ficou em 5%.

Rejeição, no levantamento da FSB/BTG Pactual

Segundo a nova pesquisa levantada pelo FSB/BTG Pactual, Marina Silva é a candidata que tem a taxa de rejeição mais elevada entre os presidenciáveis, 56% disseram que não votariam na ex-ministra de jeito nenhum, por outro lado Ciro aparece com a menor taxa de rejeição.

Publicidade

Confira imagem abaixo:

Leia tudo