Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) foram os dois candidatos mais bem votados ao cargo de Presidente da República e continuam na disputa do segundo turno. O clima, entretanto, ficou tenso e nas redes sociais é motivo de discórdia entre amigos, parentes e até familiares mais próximos. Grupos de WhatsApp destinados à política (algo bem frequente nos últimos tempos), viraram ringues de guerra entre bolsonaristas e petistas.

Esse clima de rivalidade chegou, inclusive, ao exterior. Mesmo sem conhecerem muito bem as variáveis políticas do país, alguns artistas gringos optaram por expor sua opinião.

Aliás, alguns deles bem fervorosos contra Jair Bolsonaro usaram suas redes socais para expressarem o #EleNão. No Brasil também não é diferente entre a classe artística, mas esta coluna já elencou quem são os brasileiros artistas que apoiam cada um dos candidatos.

Com a repercussão, porém, de Roger Waters, que durante um show em São Paulo, no Allianz Parque, chamou Bolsonaro de neofascista e ainda usou a conhecida hashtag de repúdio ao candidato #EleNão, em seu show, esta coluna levantou quem são os artistas que "meteram a colher" na política alheia e decidiram se manifestar contra o candidato do PSL.

Roger Waters

Nesta terça-feira (9), o ex-vocalista do Pink Floyd que está no Brasil em carreira solo, cantando as músicas da banda, se pronunciou com um #EleNão e ainda chamou o candidato do PSL de neofascista. O cantor foi muto vaiado por vários fãs que estavam no show.

Madonna

A maior cantora do pop mundial também mandou em seu Instagram um #EleNão.

Dua Lipa

A londrina, fã de política, abomina Bolsonaro, tanto que já chegou a retirar fã com a camiseta dele de seu show. O posicionamento político da famosa acabou fazendo a mulher perder alguns fãs, como se pode perceber nos comentários à postagem.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Jair Bolsonaro

Lauren Jauregui

A ex-Fifth Harmony foi outra gringa a se pronunciar contra Bolsonaro em suas redes sociais. Ela usou o #EleNão para mostrar seu posicionamento político no Brasil. Cabe lembrar que ela, assim como todos os outros, não votam no Brasil.

Ellen Page

A atriz também se pronunciou contra o candidato brasileiro.

Cher

Decidiu se pronunciar, a pedido de fãs.

Alfonso Herrera

O ator foi outra celebridade internacional a tentar interferir na política alheia

Nicole Scherzinger

A ex-PussyCat Dolls também aderiu ao #EleNão.

Dan Reynolds

O vocalista do Imagine Dragons também compartilhou o #EleNão.

Mais notícias de política e famosos

Bolsonaro ou Haddad: famosos se dividem e declaram os votos no segundo turno

Famosos comemoram desempenho de Jair Bolsonaro no 1° turno

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo