Ser famoso não garante votos. Esta foi uma das máximas destas Eleições em 2018. Os eleitores sabem que, apesar de terem mídia, os Famosos precisam de muito mais que isto para se elegerem a um cargo público por meio da urna. Segundo o G1, alguns famosos acabaram se "dando mal" e não conseguindo se eleger no pelito deste ano. Em uma lista organizada de forma aleatória, a seguir, estes foram os famosos que acabaram escorregando novo e não atingiram o número de votos para os cargos públicos disponíveis neste 7 de outubro.

Ademir da Guia (PHS)

Um dos maiores jogadores de futebol da história do Brasil tentou uma vaga de Deputado Estadual, mas com 15 mil votos, não conseguiu.

Adriano Gospel Funk (PROS)

Também tentou uma vaga para a Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, mas não teve sucesso.

Batoré (PTB)

O ator e humorista que contracenou com o saudoso Domingos Montagner em 'Velho Chico', também não reproduziu o sucesso da carreira nas urnas. Com apenas 6 mil votos, ele tentou um cargo na Câmara Federal, mas não atingiu o número de votos necessário.

Cezar Lima (PV)

O ex-BBB15 teve uma expressiva votação, cerca de 31 mil votos, mas alçou um voo muito longo. Ele tentou o cargo de deputado e não atingiu os votos necessários.

Dr. Rey (PRB)

Tentou também um cargo de deputado federal, mas não teve sucesso. O "Doutor Hollywood" conseguiu apenas 13 mil votos e não se elegeu.

Frank Aguiar (PRB)

O candidato chegou a pleitear um cargo de senador por São Paulo, mas não conseguiu.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Eleições

Ele trocou seu colégio eleitoral para o Piauí e também foi 'gongado' pelas urnas. Conseguiu apenas uma singela votação, ficando em 5º na disputa pelo Senado do estado.

Léo Áquilla (PHS)

A artista trans Léo Áquilla, ou agora Leonora Áquilla, tentou um cargo federal e também não irá para Brasília.

Marcelinho Carioca (PODE)

Obteve 28 mil votos, mas não conseguiu se qualificar para a Assembleia de São Paulo.

Marcos Harter (PSC)

O ex-BBB e ex 'A Fazenda' era candidato a Deputado Federal por seu Estado, o Mato Grosso, mas não atingiu o quorum.

MC Bandida (Avante)

Foi candidata a um cargo local no DF e não teve sucesso.

Maurren Maggi (PSB)

Outra que teve uma votação expressiva, mas deu um 'grande' passo. Ficou em 5º na disputa pelo Senado em SP.

Oscar Maroni (PROS)

O polêmico empresário Oscar Maroni teve 6 mil votos em São Paulo e não conseguiu o intuito.

Popó (PDT)

Não conseguiu votação para chegar à Câmara Federal.

Renata Banhara (PRB)

Tentou ser deputada federal, mas com menos de 7 mil votos, não foi eleita.

Romário (Podemos)

Atual senador, tentou ser governador do Rio de Janeiro e com a saída de Garotinho, passou a ser um dos mais bem posicionados nas pesquisas. Só que Wilson Witzel (PSC) e Eduardo Paes (DEM) obtiveram maior quantidade de votos e vão para o segundo turno. Romário ficou em 4º, contrariando pesquisas.

Mais notícias da política

Famosos comemoram desempenho de Jair Bolsonaro no 1° turno

Gays e LGBTs famosos que declararam apoio a Jair Bolsonaro

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo