A filha do comandante-geral do Exército, general Eduardo Villas Bôas, decidiu se manifestar sobre seu ponto de vista nas Eleições desse ano. Adriana Haas Villas Bôas usou o Instagram para proferir várias críticas contra o Partido dos Trabalhadores (PT), segundo informações do blog de Lauro Jardim, do jornal O Globo. Ela demonstra grande insatisfação e remete manifestações contra o candidato à Presidência da República Fernando Haddad.

De acordo com suas postagens, Adriana tentou combater as manifestações contra Jair Bolsonaro no sábado (29), e escreveu vários posts na rede social com as seguintes hashtags: #PTNão, #LulaNão e #HaddadNão.

Publicidade
Publicidade

Ela também repudiou que um presidiário pudesse comandar um país, insinuando que o ex-presidente Lula daria as ordens para Haddad governar, caso ele ganhasse a eleição.

O seu pai, general Villas Bôas, foi, recentemente, alvo de várias contestações por suas declarações sobre a legitimidade do próximo governo. Segundo o comandante, o ataque a faca sofrido por Jair Bolsonaro (PSL) e a situação da ficha-suja de Lula poderiam causar questionamentos sobre a legitimidade do candidato que vencer as eleições.

Publicidade

Sem mencionar o nome do ex-presidente Lula, Villas Bôas citou que um alguém sub judice, que afronta a Constituição e a Lei da Ficha Limpa, é um cenário propício de causar esse tipo de questionamento.

Atacado pelos partidos

O general acabou sendo criticado por vários partidos, diante de suas declarações. O PT divulgou uma nota, no dia 09 de setembro, afirmando que as palavras do general foram de cunho autoritário e inconstitucional.

O candidato ao Planalto, do PDT, Ciro Gomes, chegou a dizer que se fosse no governo dele, ele mandaria prender o general pela sua fala. Segundo Ciro, no governo dele, militar nenhum vai ter oportunidade de falar sobre política e falou que demitiria o general.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula Eleições

Militares

De acordo com um artigo publicado no portal UOL, muitos militares não receberam bem as críticas contra o general. O Exército chegou a pensar em publicar uma nota, mas não fez até o momento. As declarações de Ciro foram as mais repudiadas pelos militares. Alguns chegavam até a pensar em votar nele, mas depois disso, teriam mudado totalmente a opinião.

Um general da equipe de Villas Bôas afirmou que Ciro conseguiu deixar uma boa parte dos militares chateados com seus ataques ao comandante.

Segundo ele, o próprio comandante via Ciro como um bom quadro.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo