A verdade é que a política no cenário nacional, em especial a eleição para Presidente da República, tornou-se uma partida de futebol dada a rivalidade entre a esquerda e a direita do país. Aliás, os partidos não querem mais ser chamados de esquerda e direita e querem se aproximar do chamado centrão, ou seja, centro-esquerda e centro-direita. De fato, ambos os lados possuem simpatizantes, tanto anônimos quanto Famosos.

Entre os famosos, porém, a revelação do voto costuma gerar uma grande polêmica entre os fãs. Alguns, inclusive, chegaram a rebater posicionamentos dos seguidores, por conta do posicionamento político.

Publicidade
Publicidade

Enfim, seja Fernando Haddad (PT) ou Jair Bolsonaro (PSL), estes são os famosos que votam em cada um deles:

Eleitores famosos de Jair Bolsonaro

Apoiando Bolsonaro, algumas celebridades polêmicas, como Antônia Fontenelle, Andressa Urach, Pepê, Neném, Alexandre Frota, Felipeh Campos, Eduardo Costa, o cantor Ferrugem. Também causaram muita polêmica ao declararem apoio ao candidato os jogadores brasileiros Ronaldinho Gaúcho. Neymar Jr,, apesar de não declarar seu voto ao candidato, curtiu o post de outro jogador que apoiava o candidato e causou polêmica.

Fábio Porchat, da RecordTV, chegou a zombar das celebridades que apoiavam o candidato, chamando-as de "grandes nomes da elite intelectual brasileira".

Fernando Haddad e seu apoiadores

Por outro lado, outra grande massa de famosos também apoia o PT e o candidato Fernando Haddad. A situação do candidato do partido de Lula ainda parece ser mais confortável entre os artistas. Alguns de seus apoiadores chegam a fazer campanha realmente assídua nas redes em seu favor.

Publicidade

Por outro lado, Bolsonaro acusa os artistas de dependerem da Lei Rouanet e que em seu governo ele vai mudar a destinação das verbas do projeto de incentivo fiscal para a cultura popular e não para os artistas em questão.

José de Abreu é um dos globais que encabeça a lista, que também conta com Fábio Assunção e sua namorada, Maria Ribeiro, Alice Wegmann, Samara Felippo, Maria Casadevall, Tainá Müller, Alessandra Negrini.

Bruna Marquezine, Patrícia Pillar (que declarou voto ao Ciro Gomes, seu ex-marido), Sasha Meneghel, Chay Suede, Nicolas Prattes, aderiram ao #EleNão no primeiro turno, mas não ainda não declararam abertamente o voto a Haddad nessa segunda etapa.

Mais notícias de famosos e política

Famosos que tentaram e não tiveram sucesso nas urnas na eleição deste ano

Celebridades que tiveram sucesso nas urnas e foram eleitas em 2018

Celebridades LGBTs que declaram apoio a Jair Bolsonaro

Leia tudo