Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) vão disputar o segundo turno das Eleições presidenciais em 2018. Com quase 100% das urnas apuradas, Bolsonaro mostrou força em todo o Brasil.

Das 27 capitais brasileiras, Bolsonaro venceu em 23 delas: Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Vitória, Belo Horizonte, Campo Grande, Goiânia, Brasília, Cuiabá, Porto Velho, Rio Branco, Manaus, Boa Vista, Macapá, Belém, Palmas, Natal, João Pessoa, Recife, Maceió, Aracaju, Belo Horizonte e Vitória.

Haddad se saiu melhor que os concorrentes em três capitais: São Luís, Teresina e Salvador. Ciro Gomes (PDT) venceu apenas em Fortaleza, capital do estado onde já governou.

Nos estados, Bolsonaro venceu em 17. Na região Sul, ele liderou nos três estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. No Sudeste, também venceu em todos os estados: São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

No Centro-Oeste, novamente o domínio de Bolsonaro foi total. O candidato venceu em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e também no Distrito Federal. No Norte, Bolsonaro venceu em Rondônia, Acre, Amazonas, Roraima, Amapá.

Fernando Haddad, mais uma vez, contou com o domínio do PT no Nordeste para se dar bem na região. O ex-prefeito de São Paulo venceu na Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí e Maranhão. Além desses estados, Haddad venceu também no Pará. Ciro Gomes venceu no Ceará.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Eleições

Bolsonaro ficou perto de vencer no primeiro turno

Jair Bolsonaro alcançou pouco mais de 46% dos votos válidos – excluindo votos brancos e nulos. O candidato do PSL recebeu impressionantes 49 milhões de votos – 49.267.823 para ser mais exato. Fernando Haddad (PT) alcançou cerca de 31 milhões – 29,26% dos votos válidos.

Após o resultado final estar definido, Haddad conversou com eleitores do PT e afirmou que já havia dialogado por telefone com Ciro Gomes, que deve apoiar a candidatura petista no segundo turno.

Jair Bolsonaro, ainda se recuperando do ataque que recebeu, fez uma live pelo Facebook, em que apareceu ao lado do economista Paulo Guedes e por uma intérprete de libras. Ao final de seu discurso, em que voltou a criticar as urnas eletrônicas, Bolsonaro foi aplaudido pelos apoiadores que estavam na sala de sua casa, mas não apareciam no vídeo.

Agora, os candidatos iniciam uma nova campanha para o segundo turno.

As eleições estão marcadas para o dia 28 de outubro.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo