O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, desejou ao novo presidente da República, Jair Bolsonaro, "que ele faça um bom governo". O capitão do Exército teve uma votação expressiva e derrotou o candidato do PT, Fernando Haddad.

Neste domingo (28), após o resultado final do pleito, Moro parabenizou Bolsonaro e sugeriu que as reformas sejam feitas com base na tolerância e no diálogo. O juiz citou a importância de reformas para melhorar a economia e recuperar a integridade da Administração Pública.

Publicidade
Publicidade

Na visão do juiz, este é o caminho para que as pessoas possam voltar a acreditar na classe Política, que tem sido devastada por constantes aparecimentos de esquemas ilegais de corrupção.

O magistrado votou em Curitiba e foi muito aplaudido após sair da seção de votação. Moro não quis falar com a imprensa e ressaltou que hoje é o dia dos políticos. O juiz estava acompanhado de dois seguranças e conversou rapidamente apenas com uma eleitora que o aguardava ansiosa.

Prisão de Lula

Sérgio Moro foi o grande responsável em conduzir as investigações que levaram o ex-presidente Luiz Inácio Lua da Silva para a cadeia. Lula foi acusado de se beneficiar de propina da construtora OAS e Odebrecht para a reforma de um triplex na cidade de Guarujá. O petista nega as irregularidades. Entretanto, desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) confirmaram a sentença de Moro e, além disso, ainda aumentaram a pena de Lula para 12 anos e 1 mês de regime fechado.

Publicidade

Um novo encontro entre Lula e Moro está previsto para o próximo mês. Nessa ação penal, o líder do PT é acusado de receber propina da construtora Odebrecht em forma da aquisição de um terreno onde iria ser construído o Instituto Lula. Há também o envolvimento de UM apartamento em São Bernardo do Campo que teria sido um presente irregular da Odebrecht para o ex-presidente. Na denúncia, Lula teria ajudado a empreiteira em contratos fraudulentos com a Petrobras.

Bolsonaro presidente

Jair Bolsonaro foi o grande vencedor da eleição de 2018. Ele derrotou Fernando Haddad (PT) com um discurso que apontava uma linha-dura contra a corrupção.

Em algumas de suas falas, o capitão afirmou que pretende indicar ao Supremo Tribunal Federal (STF), o juiz Sérgio Moro. Bolsonaro sempre enalteceu os trabalhos da Lava Jato.

A mulher do juiz, Rosângela Moro, festejou a vitória do capitão nas redes sociais. Ela disse que estava feliz e colocou uma imagem da bandeira do Brasil seguida dos dizeres: "Sob nova direção".

Publicidade

Leia tudo