Nesta segunda-feira (15), saiu a primeira pesquisa eleitoral realizada pelo Ibope para o segundo turno das Eleições em relação à corrida presidencial, e os números apontam que Jair Messias Bolsonaro, candidato do Partido Social Liberal (PSL), possui 52% dos votos totais, contra 37% de Fernando Haddad, do Partido dos Trabalhadores (PT).

No cenário descrito acima, estão incluídos todos os entrevistados que participaram da sondagem, mas quando são considerados apenas os votos válidos, ou seja, quando são excluídos os eleitores que declararam voto nulo ou branco (este é o mesmo procedimento adotado pelo Tribunal Superior Eleitoral para proclamar o resultado final de uma eleição), ou que ainda estão indecisos, Bolsonaro salta para 59% e Haddad aparece com 41%, proporção muito parecida com aquela aferida pelo Datafolha e publicada no dia 10 de outubro, que mostrou o capitão da reserva do Exército com 58% dos votos válidos e o petista com 42%.

A pesquisa Ibope foi realizada no último fim de semana, sábado (13) e domingo (14), sob encomenda da TV Globo e do jornal O Estado de S. Paulo, e contou com a participação de 2.506 entrevistados espalhados por 176 municípios do Brasil. Segundo o instituto, o índice de confiança do levantamento é de 95% (ou seja, possui 95% de chances de retratar a realidade), e apresenta margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Haddad tem rejeição maior que Bolsonaro

Em sua pesquisa do fim de semana, o Ibope também apurou o índice de rejeição que os eleitores têm em relação a Jair Bolsonaro e a Fernando Haddad, e para tanto, fez esta pergunta aos entrevistados: "Para cada um dos candidatos a Presidente da República citados, gostaria que o(a) sr(a) dissesse qual destas frases melhor descreve a sua opinião sobre ele"?

As respostas possíveis, apresentadas em forma de questionário de múltipla escolha, eram as seguintes: com certeza votaria nele para presidente; poderia votar nele para presidente; não votaria nele de jeito nenhum; não o conhece suficiente para opinar; e não sabe ou prefere não opinar.

Em relação à convicção de já ter escolhido um dos dois presidenciáveis, Bolsonaro conta com a certeza de voto de 41% do eleitorado, ao passo que Haddad tem 28%. No entanto, quando se trata do item "não votar nele de jeito nenhum", o petista surge em primeiro lugar, apresentando um índice de rejeição de 47%, e Jair Bolsonaro, neste mesmo quesito, é recusado por 35% das pessoas entrevistadas.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Jair Bolsonaro Eleições

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo