Jair Bolsonaro segue na liderança da corrida presidencial, de acordo com pesquisa divulgada pelo Ibope na noite desta terça-feira (23). O candidato do PSL tem 50% dos votos totais, contra 37% de Fernando Haddad (PT).

Na pesquisa do dia 19 de outubro, Bolsonaro tinha 52%. Haddad manteve os 37%. Os dois pontos que Bolsonaro perdeu não foram para o petista. Brancos e nulos somam 10%, contra 9% da semana passada, enquanto os que não sabem em que votar saltaram de 2%, na pesquisa da semana passada, para 3%.

A pesquisa foi realizada entre domingo (21) e terça (23). A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. O grau de confiança é de 95%. Isso significa que, considerando a margem de erro, se o levantamento fosse realizado 100 vezes, em 95 delas o resultado seria igual.

Votos válidos

Os votos válidos consideram apenas os votos dados a um dos candidatos. É dessa forma que a apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é feita.

No caso das pesquisas, são desconsiderados os votos brancos, nulos e os eleitores que ainda não sabem em que votar.

No levantamento do Ibope, Jair Bolsonaro aparece com 57%, enquanto Fernando Haddad tem 43%. O candidato do PSL caiu dois pontos percentuais em relação à pesquisa da semana passada e Haddad cresceu dois pontos.

Isso não significa, porém, que quem votava em Bolsonaro migrou para Haddad.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Eleições

Os votos totais mostram que quem votava no candidato do PSL migrou para branco, nulo ou indeciso. Haddad só cresceu porque o número de votos válidos diminuiu.

Liderança tranquila

Os números da nova pesquisa mostram que Jair Bolsonaro continua tranquilo na liderança da corrida presidencial, apesar de ter caído dois pontos. O candidato alega que vem sendo vítimas de ataques que tentam desestabilizar sua campanha, mas isso não está funcionando.

As Eleições acontecem no próximo domingo (28) e somente uma virada histórica poderia tirar a vitória de Jair Bolsonaro.

Debates no segundo turno

A Rede Globo anunciou, nesta segunda-feira (22), que cancelou o debate que seria realizado entre os candidatos na próxima sexta-feira. Em nota, a emissora alega que a campanha de Bolsonaro entrou em contato por e-mail e cancelou o compromisso alegando os cuidados com a saúde do presidenciável.

No dia 6 de setembro, Bolsonaro recebeu uma facada no abdômen, enquanto fazia ato de campanha na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

O candidato utiliza uma bolsa de colostomia e tem evitado atos públicos.

Não houve nenhum debate entre os candidatos no segundo turno devido aos problemas de saúde de Bolsonaro. Haddad já o provocou algumas vezes em relação a isso, dizendo, inclusive, que iria debater em uma enfermaria se fosse necessário.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo