Foi divulgada na tarde desta quarta-feira (10) a primeira pesquisa eleitoral de intenção e votos para Presidente da República no segundo turno. Encomendada ao Instituto Ideia Big Data pela revista Veja, o levantamento mostrou que o candidato do PSL Jair Bolsonaro tem oito pontos de vantagem para o petista Fernando Haddad, levando em conta apenas os votos válidos.

De acordo com a pesquisa, o capitão reformado do Exército tem 54% das intenções de votos contra 46% do candidato do PT.

Eleitores que disseram votar em branco ou nulo somam 7% enquanto que 4% se disseram indecisos ou não souberam responder.

Com margem de erro de 2,67% para mais ou para menos, a pesquisa ouviu entre segunda e quarta-feira 2.036 eleitores das cinco regiões do país.

Na última pesquisa antes do primeiro turno, Bolsonaro aparecia com margem de votos válidos entre 40% e 41%, no entanto nas urnas ele recebeu 46,03% dos votos válidos. Isso representa 49,2 milhões de votos. Haddad teve 31,3 milhões de votos, o que representa 29,98% dos válidos.

Bolsonaro vetado de debate

O candidato do PSL Jair Bolsonaro teve vetada por ordem médica sua participação no primeiro debate presidencial no segundo turno. O primeiro enfrentamento com Fernando Haddad está previsto para esta sexta-feira (12) e está sendo promovido pela TV Bandeirantes.

De acordo com os médicos, o candidato do PSL perdeu 15 quilos e ainda se encontra muito debilitado para participar de compromissos de campanha.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Eleições

“Ele precisa de uma dieta de recuperação proteica”, disse o clínico cardiologista Leandro Echenique, que fez a avaliação do candidato nesta quarta-feira (10).

A previsão é que Bolsonaro seja liberado para cumprir agenda de campanha no dia 18, enquanto isso ele segue fazendo campanhas nas redes sociais. Nesta quarta-feira, em nova aparição, ele prometeu diminuir e simplificar os impostos.

Debate até na enfermaria

O candidato do PT Fernando Haddad, falando a jornalistas estrangeiros voltou a convidar seu adversário para os debates, afirmando que irá até “na enfermaria em que ele estiver para debater o país”.

O petista ainda criticou as mensagens em redes sociais, afirmando que na internet não há o contraditório, diferente do que ocorre em um debate. “Muita gente acredita no que recebe no WhatsApp, mas lá você não tem o contraditório”, disse.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo