Jair Messias Bolsonaro, novo presidente do Brasil eleito em segundo turno neste último domingo (28), apresenta em seu plano de Governo algumas mudanças significativas em vários setores públicos e suas prioridades mais urgentes estão direcionadas a onze setores, em especial, os relacionados abaixo:

Geração de mais empregos

Para diminuir o elevado índice de taxa de desemprego no país, Bolsonaro pretende “quebrar” o círculo vicioso das dívidas atuais do país, evitar eventuais novas dívidas e negociar a redução dos altos juros cobrados atualmente, estimulando mais investimentos nessa área e, consequentemente, gerando mais empregos.

Diminuição dos impostos

O presidente propõe uma diminuição no sistema tributário bruto brasileiro para beneficiar quem paga valores altos em dia, simplificando e unificando os tributos federais.

Previdência Social

A proposta de Bolsonaro para previdência é melhorar o “modelo atual”, introduzindo um sistema de contribuição individual. Cada cidadão contribuirá para sua própria aposentadoria, diferente do sistema atual, que destina a arrecadação total dos trabalhadores que estão ativos no mercado de trabalho para custear cidadãos já aposentados.

Bolsa Família

Jair Bolsonaro propõe modernizar e aprimorar o Programa Bolsa Família que, ao ser ver, atualmente desestimula as pessoas a procurarem emprego, uma vez que ao conseguir um emprego formal, a pessoa perde o direito de receber esse benefício.

Política macroeconômica

O programa do novo presidente pretende focar em maior flexibilidade cambial e aumento da ortodoxia fiscal, tornando o Banco Central uma instituição independente, que terá no comando diretores que cumprirão mandatos fixos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Governo

Educação

Bolsonaro almeja melhorar a qualidade da escola infantil, básica, técnica e superior, sem “doutrinação”. Em dois anos ele planeja implantar colégios militares em todas as capitais do Brasil. Pretende utilizar o “ensino a distância” como opção para as áreas com difícil acesso às aulas presenciais, como as rurais, por exemplo.

Saúde

Sua meta é criar o Credenciamento Universal dos Médicos (CUM), que ficará à disposição do Sistema Único de Saúde (SUS). Visita de dentistas para gestantes, programa que onde já existe, mostrou queda em partos prematuros.

Segurança Pública

Além da reformulação do estatuto do desarmamento, Bolsonaro espera investir mais em equipamentos e tecnologia para as polícias, por fim à progressão de penas e saídas temporárias dos presos. Também reduzir a maioridade penal para 16 anos.

Economia

O novo presidente aposta do liberalismo econômico, reduzindo cerca de 20% o volume da dívida do país, por meio de privatizações, concessões e vendas dos imóveis de propriedade da União.

Combate à corrupção

Seu objetivo é encaminhar para aprovação no Congresso Nacional as “Dez Medidas Contra a Corrupção”, que já havia sido proposta pelo Ministério Público e teve grande aceitação por parte dos brasileiros.

Meio ambiente

Bolsonaro visa utilizar o sol e o vento da Região Nordeste do país para gerar energia limpa. Também anseia unir os Ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente para dar mais ênfase ao combate de explorações ilegais na Amazônia.

Proposta de Plano de Governo

A íntegra da Proposta de Plano de Governo do presidente Jair Bolsonaro, está disponível para o público no site oficial Política e Direito, e possui um total de 81 páginas, com propostas organizadas pelos temas: “Valores e compromissos, Mais Brasil e menos Brasília, A nova forma de governar, Segurança e combate à corrupção, Saúde e educação e Economia e infraestrutura”.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo