A atriz, apresentadora, repórter e esposa de Felipe Andreoli, Rafa Brites, veio às redes sociais para denunciar um eleitor de Jair Bolsonaro que teria agredido sua irmã Grabriela Brites, assim que ela saiu do local de votação. A irmã da famosa relatou que ao sair de seu local de votação, um homem fez um grito homofóbico, racista e o resultado da ação acabou em agressão física.

Pelo relato do Whatsapp de Gabi e revelado por Rafa, o homem teria passado por ela e gritado 'Bolsonaro 17, vamos acabar com todos os veados (sic) e todos os pretos', teria dito o homem.

Publicidade
Publicidade

Logo depois a mulher teria sofrido um ataque físico. É que a irmã de Rafa, como explicou à revista QUEM, é gay e sofreu com o ataque, depois que foi confrontar o homem por conta de suas palavras de ódio. Foi aí que a famosa veio às redes sociais explicar que o que viria a relatar a seguir, não tinha acontecido com alguém distante ou com o conhecido do conhecido, e sim com sua própria irmã.

Rafa divulgou, inclusive, um relato de Gabi no Zap.

Publicidade

Rafa Brites reclama da violência e da rivalização política no país

Ainda conforme o relato da repórter famosa, assim que ouviu as palavras ofensivas, a irmã se sentiu ofendida e e afirmou que ele não poderia dizer o que disse. Rafa deixou claro que a jovem não agrediu o homem e nem se reportou de forma vociferada ao eleitor do candidato do PSL. Foi aí que a agressão veio.

"Minha irmã é gay, ele falou isso, ela se sentiu ofendida.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro

Ao tentar se defender, dizer que ele não tinha o direito de falar isso, ele deu um tapa na cara dela", revelou a esposa de Felipe Andreoli. A mãe recente ainda emitiu sua opinião, por conta da violência sofrida em sua família.

Ao final de seu pronunciamento, que foi feito por vídeo, ela ainda mandou um recado, que todos os brasileiros precisam lutar pela paz, igualdade e pelo fim da corrupção e nisto ela concorda com todos os eleitores, mesmo aqueles que votaram no outro candidato.

Também revelou seu voto no PT, por rejeição ao candidato do PSL e pediu respeito ao voto.

Acabou fechando sua história com uma frase de efeito e importante: 'Precisamos nos unir e defender a democracia, acabar com a corrupção e tudo isso", finalizou a repórter e mãe.

Veja a conversa de Whatsapp que foi divulgada por Rafa Brites e sua irmã que é gay, Gabriela Brites

Mais notícias sobre as eleições e famosos

Famosos que votaram em Jair Bolsonaro e ajudaram na eleição do candidato

Faustão quebra o protocolo e alfineta Jair Bolsonaro ao vivo na Globo

Ana Maria Braga ignora vitória de Bolsonaro, surge de preto e fãs veem possível recado

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo