A manhã desta quinta-feira (25) começou agitada nas redes sociais, com a divulgação de um vídeo onde Roberto Justus declara seu apoio a Jair Bolsonaro, o nome do empresário logo se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter.

Justus começa o vídeo dizendo que muitas pessoas o estão questionando sobre qual sua opinião a respeito deste momento tão delicado que o país vem atravessando. "Vivemos uma crise há muitos anos, crise econômica, crise política, crise ética e crise moral", disse o ex-apresentador do reality da Record, A Fazenda.

Para Roberto Justus, é importante fazer a alternância do poder, uma vez que o PT já teria demonstrado sua incapacidade de conseguir proporcionar aos brasileiros uma vida melhor. O empresário lembrou os vários casos de corrupção envolvendo o partido de Lula e que o PT quase levou o Brasil à falência.

Continuando sua declaração no vídeo, Justus disse que é importante acreditar neste novo momento, explicando que Bolsonaro é um candidato polêmico e que certamente deve estar arrependido de várias frases já ditas no passado, mas é correto e tem boas ideias para ajudar o país a voltar para o caminho do crescimento, já que por não ter compromisso com outros políticos, pode montar uma grande equipe.

"Jair Bolsonaro tem condições de montar uma equipe realmente eficiente para o Brasil", disse Roberto Justus.

O empresário ainda contou que teve o prazer de conhecer Paulo Guedes, alegando que ele tem capacidade para colocar o Brasil em um patamar onde já deveria estar há tempos. Para Justus, Bolsonaro deverá privatizar empresas ineficientes, trazer investimentos de outros países pra cá e criar um ambiente onde o empresário tenha confiança de investir, o que irá gerar emprego e mudar o cenário econômico do Brasil.

Confira abaixo o vídeo de Roberto Justus declarando seu apoio a Jair Bolsonaro, afirmando que o candidato é a melhor opção do momento para o país.

Fábio Porchat nega apoio a Bolsonaro

Outro famosos em meio a polêmica envolvendo o nome do presidenciável é Fábio Porchat, que pediu demissão da Record recentemente. O apresentador deu uma entrevista ao jornalista Ricardo Feltrin e garantiu que o fato dele ter decidido deixar a emissora, não tem nenhuma relação com a Record declarar apoio a Jair Bolsonaro.

Em dezembro, Porchat voltará a conversar com a Record sobre seu desligamento, mas é quase certo que ele realmente não continuará na emissora de Edir Macedo.

Veja mais

Assessores afirmam que vídeo íntimo atribuído a Doria é falso

Vídeo mostra jornalista de rádio do RS se demitindo ao vivo após entrevista com Bolsonaro

Equipe de Bolsonaro quer mensalidade para alunos com maior renda em universidades federais

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Eleições
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!