Nos últimos meses, houve grandes mudanças em grupos e troca de mensagens no aplicativo. Além disso, foram detectados inúmeros comportamentos suspeitos dos usuários. Os comportamentos suspeitos foram muitos discursos de ódio, milhares de mensagens repetidas e número de vezes que o usuário foi banido do aplicativo.

Na última quinta-feira, foi divulgado pela Folha de S.Paulo que megaempresários estariam pagando terceiros para divulgar mensagens contra o Partido dos Trabalhadores (PT).

A empresa afirmou que não é possível detectar caso o membro banido faça outra conta com um número novo. Além disso, ela disse que lançou uma campanha para usuários do aplicativo sobre a importância do uso de informações reais e a checagem das fontes e dados da informação. Isso foi levantado por conta do número de pessoas que se informam apenas pelas redes sociais e não busca procurar as fontes das informações.

Filho de Bolsonaro é banido

O filho do candidato Jair Bolsonaro foi um dos membros banidos do aplicativo, além dele, as empresas que fizeram disparo em massa de informações também foram banidas da plataforma. Eduardo Bolsonaro publicou em sua conta no twitter sobre o ocorrido, junto com um print provando o banimento ele disse "A perseguição não tem limites". Na mesma publicação, Eduardo também disse que exige explicações da própria plataforma.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro WhatsApp

O mesmo afirmou que sua conta do WhatsApp não tem ligação alguma com empresas, é apenas para uso pessoal.

A conta dele já foi desbloqueada, contudo, ele ainda exige uma explicação por ter sido 'censurado'.

Fake News

Nos últimos meses, devido ao período eleitoral, foram espalhadas muitas notícias falsas referentes aos candidatos à presidência e até mesmo a vice do candidato Haddad, Manuela D'avila.

Porém, não foram só eles os afetados da história, muitos artistas foram atacados recentemente devido ao seu posicionamento político. Nas redes sociais, as pessoas começaram a montar grupos para combater tais notícias, até mesmo as mais absurdas e inacreditáveis.

Os internautas devem tomar cuidado com aquilo que compartilham na internet. Notícias falsas, apenas prejudicam as pessoas envolvidas, inclusive as que inventam e que compartilham.

Esse tipo de notícia incita a violência, brigas e desavenças, o que vem levando muitas pessoas a terem medo de saírem de suas casas devido ao número de agressões, ofensas e até mesmo assassinatos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo