No último domingo (4), Jair Bolsonaro (PSL), presidente da República recentemente eleito, postou uma foto em sua rede social que mostrou Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República, segurando um livro supostamente escrito por um escritor comunista. O tucano surgiu na imagem deitado com o livro na mão e sorrindo para a foto. A publicação de Bolsonaro veio como uma resposta a um comentário feito por FHC de que o novo governo brasileiro poderá prejudicar as relações comerciais do Brasil, principalmente com a China e o Mercosul.

Paulo Guedes, anunciado o ministro da Economia no governo Bolsonaro, já deu entrevista afirmando que não é prioridade a relação do Brasil somente com o Mercosul e China, mas sim, com todo o mundo.

Para Fernando Henrique Cardoso, isso é uma possível prova do suposto fracasso comercial brasileiro no novo governo.

Ao ouvir isso, o próprio Bolsonaro não ficou em silêncio e provocou o ex-presidente ao insinuar que ele é comunista, por supostamente apoiar escritos comunistas da China. Em resposta, na manhã dessa segunda-feira (5), FHC publicou em sua rede social que Bolsonaro é uma pessoa desinformada, pois o livro que ele segura na imagem fez uma crítica ao sistema comunista da época (final dos anos de 1980), e não uma menção positiva.

"Cruz, credo!", diz Fernando Henrique

“A desinformação é péssima conselheira”, disse Fernando Henrique Cardoso, em sua resposta no Twitter.

Ele explicou que na imagem ele segura um livro do ex-Premier da China que foi deposto e preso no regime comunista. De acordo com FHC, o livro representa uma crítica ao regime totalitário. “Isso aparece como ‘prova’ de que sou comunista. Só faltava essa. Cruz, credo!”, disse o ex-presidente.

Dono da Havan diz que FHC enganou a todos

Ao saber do acontecimento, Luciano Hang, dono da Havan, comentou no post de Bolsonaro e disse que ficou surpreso com a imagem do ex-presidente segurando o livro supostamente comunista.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro

“FHC enganou a mim e a todos os brasileiros. É um comunista.”, disse o empresário. Em seguida, mais de 5 mil curtidas apareceram na postagem de Luciano, o mesmo que já tinha declarado voto a Bolsonaro quando o candidato do PSL estava em campanha.

O livro que FHC lê na imagem se chama “Prisioneiro do Estado: O Diário Secreto do Premiê Zhao Ziyang", que fala sobre as memórias do ex-secretário e general do partido comunista da China, que acabou sendo preso, deposto e demitido por apoiar protestos de estudantes em 1989.

Bolsonaro já disse que é preciso ter uma relação diferente com a China, que estaria 'comprando o Brasil'.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo