O ex-candidato à Presidência da República na eleição presidencial deste ano, Ciro Gomes, do PDT do Ceará, concedeu uma entrevista ao apresentador Roberto D´Ávila, do canal de notícias a cabo GloboNews, das Organizações Globo. A entrevista foi exibida na noite da última sexta-feira (09). O candidato derrotado que foi considerado um dos principais nomes da disputa eleitoral de 2018 fez ainda uma análise sobre o presidente eleito, Jair Messias Bolsonaro e também em relação ao papel desempenhado pelo Partido dos Trabalhadores (PT), como oposição ao próximo Governo, já que o próprio Ciro pretende se cacifar como uma das principais figuras políticas da oposição ao futuro governo.

Com seu velho estilo de volta com os "embates" políticos, o candidato derrotado ao palácio do Planalto fez duras críticas ao Partido dos Trabalhadores (PT) e negou que tenha sido preterido pelo ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao não ser o escolhido pelo PT no que se firmaria como alguém que encabeçasse a chapa presidencial de 2018, numa composição entre PT e PDT.

Ciro Gomes acabou criticando incisivamente o ex-presidente Lula, durante a realização da entrevista ao canal de notícias GloboNews.

De acordo com as palavras de Ciro, "mágoa não seria um sentimento que vale para a política, já que Lula criou o 'nós contra eles' e Ciro se proclama com o 'eles'", segundo o colunista Ancelmo Góis, do jornal "O Globo".

Ciro Gomes ameniza críticas ao presidente eleito Jair Bolsonaro

Ao ser indagado a respeito da eleição de Jair Bolsonaro ao Palácio do Planalto, Ciro Gomes afirmou que o presidente eleito seria um "piloto de avião".

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Governo

Segundo Ciro, Jair Bolsonaro seria um "piloto de avião em que todos estaríamos como passageiros". Em seguida, o ex-governador do estado do Ceará afirmou que "seria obrigado a desejar que tudo dê certo ao futuro governo Bolsonaro".

Vale ressaltar que nesta semana, durante um encontro entre o candidato derrotado do PT à Presidência do país, Fernando Haddad e o ex-presidente Lula, que encontra-se preso na carceragem da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, no Paraná, o ex-mandatário petista teria comentado com Haddad que "separa questões pessoais das que são relacionadas à política" e teria até mesmo elogiado Ciro Gomes.

De acordo com o ex-presidente Lula, "Ciro Gomes seria um ser humano que vale a pena".

Entretanto, após a realização de uma entrevista juntamente ao jornal "Folha de São Paulo", poucos dias após finalizado o segundo turno da eleição presidencial, Ciro Gomes teria demonstrado um forte ressentimento em relação ao ex-presidente Lula, tendo dito, inclusive, que havia sido "traído pelo ex-mandatário petista e seus asseclas".

O principal motivo desse provável ressentimento, trata-se da neutralidade do PSB na eleição presidencial deste ano, algo visto como fruto de uma suposta negociação com a cúpula petista, o que acabou impedindo um apoio da legenda do PSB ao então candidato Ciro Gomes.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo