Lurian Cordeiro Lula da Silva, filha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, decidiu usar as redes sociais para desabafar a dor que sente ao ver o pai naquela situação, após ter sido interrogado pela juíza Gabriela Hardt na ação penal do sítio localizado em Atibaia.

Publicidade
Publicidade

Segundo a filha do petista, a Justiça agiu de "forma cega e insensível perante um homem, de 73 anos, inocente, que luta todos os dias para que desfaçam o mínimo da maldade atentada contra ele e sua família".

Na concepção de Lurian, mais pra frente, a própria história vai mostrar os fatos reais e aí poderão entender a inocência do ex-presidente. Nos seus dizeres, a filha do petista chegou a citar a atuação da juíza Gabriela Hardt. Para ela, a magistrada teve a oportunidade de entrar para a história como alguém digna e justa, contudo, acabou usando de seu poder para destratar um inocente, declarou.

Filha de Lula desabafa nas redes sociais
Filha de Lula desabafa nas redes sociais

Lurian falou da dor que seu pai sente por não poder estar junto com os amigos, com o seu povo e, principalmente, com a sua família. Ela citou a falta que ele faz aos netos e bisneta. Para ela, seu pai está num momento de grande tristeza e indignação.

Lurian sentiu que seu pai queria ir para ficar com a família e não mais para a cadeia, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Ela afirmou que seu coração está em pedaços com tudo isso.

Publicidade

De acordo com ela, todos sabem da inocência do seu pai, mas não admitem, até mesmo os que o acusaram. Terminando sua publicação, Lurian afirma que está aguardando tudo com muita paciência, fé e esperança.

Depoimento

Nesta quarta-feira (14), Lula esteve frente a frente com a juíza Gabriela Hardt com vários embates entre os dois. No começo do interrogatório, ela perguntou se o petista estava ciente sobre as acusações feitas contra ele. Lula respondeu secamente que não.

Ele chegou a perguntar para ela se ele é o dono do sítio. A juíza respondeu que quem deveria responder a essa pergunta era ele. Em seguida, disse que o interrogado era ele, portante somente ela faria as perguntas.

No decorrer do depoimento, Lula chegou a citar que Sergio Moro é amigo de um doleiro e foi interrompido pela juíza, que pediu respeito ao tribunal.

Sentença

Aliados do ex-presidente acreditam que antes mesmo das festas de fim de ano, a juíza já dará a sua sentença sobre o processo do sítio de Atibaia.

Publicidade

Eles estão vendo uma situação delicada para o petista, ainda mais agora que terá no próximo governo Jair Bolsonaro e Sergio Moro como ministro da Justiça.

Leia tudo