De viagem a Brasília para um encontro com a então primeira-dama Marcela Temer, a futura primeira-dama Michelle Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (21) que pretende participar de "todos os projetos sociais possíveis" durante o Governo de seu marido, o presidente eleito Jair Bolsonaro.

Michelle Bolsonaro e Marcela Temer devem visitar o Palácio da Alvorada e a Granja do Torto

Michelle deve visitar seu provável local de residência a convite de Marcela Temer.

Publicidade
Publicidade

Ela deve conhecer tanto o Palácio da Alvorada (a residência oficial do presidente da República, nas margens do lago Paranoá) quanto a Granja do Torto (uma das residências oficiais mantidas pelo presidente da República Federativa do Brasil), respectivamente localizadas na capital federal. Michelle deverá estar acompanha de Marcela Temer.

Antes de se encontrar com Marcela Temer, Michelle Bolsonaro visitou a sede do gabinete do governo de transição, localizada no CCBB, o Centro Cultural Banco do Brasil.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Governo

Na ocasião, a futura primeira-dama concedeu uma entrevista rápida à imprensa. Ali foi questionada sobre sua pretensão em atuar em projetos sociais já a partir do ano que vem.

Projetos sociais têm a ver com 'chamado', diz a futura primeira-dama Michelle Bolsonaro

Positiva e otimista sobre o tema no novo governo de seu marido, Michelle destacou que quer participar de "todos os projetos sociais possíveis", alegando que já fazia algo mesmo antes de se casar com Jair Bolsonaro.

Publicidade

Evangélica praticante, ela revelou: "Eu tenho um chamado para a ação social”.

De acordo com a futura primeira-dama, suas prioridades devem estar voltadas à comunidade surda, além de pessoas com deficiência, bem como portadores de síndromes.

Preparada

Fluente na Língua Brasileira de Sinais (Libras), Michelle defende os direitos de pessoas com necessidades especiais desde a campanha eleitoral de seu marido. Ela também ligou a pessoa de Jair Bolsonaro à comunidade das pessoas com deficiência quando incentivou o marido a assinar um termo de compromisso para que assim fosse possível melhorar a qualidade de vida dos deficientes.

Na quinta-feira, 22, Michelle comparecerá ao casamento do ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni. A previsão é de que ela fique na capital federal até sexta-feira (23).

Na semana que vem, ela deve retornar para sua atual casa com o intuito de pesquisar uma escola para a filha de oito anos de idade.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo