O vice na chapa de Jair Bolsonaro, general Hamilton Mourão, esteve pela primeira vez em reunião com a cúpula da Petrobras. O encontro ocorreu nesta última sexta-feira (9).

A reunião contou com a presença do presidente da Petrobras, Ivan Valente, e mais outros sete diretores da companhia. Então, foi apresentada a atual situação financeira da estatal, que evidencia lucro de R$ 23,6 bilhões este ano.

Através de publicação no Twitter, General Mourão falou o que pensou da reunião com os executivos. Sempre com declarações polêmicas, Mourão disse que saiu "muito bem impressionado".

Veja abaixo a publicação:

Em entrevista para o portal Estadão, Mourão disse que a Petrobras passou por um longo processo e agora estaria saneada.

Mourão também foi questionado sobre quem poderia assumir a estatal e se essa pessoa pode ser alguém do meio militar. No entanto, o general disse que, na sua opinião, não seria necessário um militar para assumir, porém quem dará a palavra final sobre isso é Jair Bolsonaro.

Mourão elogiou a situação da empresa e disse que em apenas três anos conseguiram mudar a "lambança" que foi feita no local. A Petrobras foi vítima de diversos casos de corrupção, sendo uma das mais prejudicadas nos âmbito das investigações da Operação Lava Jato.

Um ponto levantado por Mourão é que a empresa segue uma moderna regra de governança, o que possibilitou que ela conseguisse evitar novos erros, as decisões passam pelo Conselho de Administração.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Governo

Antigamente, Mourão disse que vários diretores faziam o que bem entendiam, mas agora não é mais assim. A Petrobras está toda estruturada, avaliou o vice presidente eleito.

Equipe de transição

A equipe de transição de Jair Bolsonaro ainda não anunciou como ficará a diretoria da empresa, que tem mandato até 2019. O presidente eleito foi questionado sobre a questão, porém disse que quem definirá os rumos neste quesito será o economista Paulo Guedes, que assumirá futuramente o Ministério da Economia.

Na equipe de transição, aparece Roberto Castello Branco, um dos conselheiros da estatal durante o Governo do presidente Michel Temer.

Nesta última terça-feira, 6 de novembro, a Petrobras apresentou o lucro referente ao primeiro trimestre. No entanto, abaixo do que deveria perante o mercado, marcando R$ 6,6 bilhões. Porém, a Petrobras ainda apresentou um número 25 vezes mais que o apresentado no mesmo período do ano passado.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo