O apresentador Carlos Massa, conhecido como Ratinho, utilizou parte de seu programa desta última segunda-feira (5) para falar sobre muitos pontos que envolvem o presidente eleito Jair Bolsonaro. Para Ratinho, a imprensa debocha da forma como critica os nomes que Bolsonaro tem indicado para os Ministérios.

Em rede nacional, o apresentador falou que não se conforma com a atitude de alguns jornalistas e pediu para que eles parem de agir assim.

Segundo ele, todo ministro que Bolsonaro convida tem sempre alguém criticando e zombando. O artista ressalta que as eleições acabaram e já terminou o período de deboches. "As redes sociais ganharam", disse. Em seguida, chamou esses jornalistas de "bando de canalhas".

O apresentador aproveitou o momento para criticar jornalistas que, de acordo com Ratinho, pegam dinheiro do "outro lado" para poder difamar o presidente eleito na TV.

O artista também disse que não tem medo de processo e, se alguém xingá-lo, ele vai tomar iniciativa e falar o nome e tudo que sabe do que acontece nos bastidores.

Ratinho aproveitou para "cutucar" a Globo News. Ele comentou que tem Televisão a cabo na sua casa, e paga muito bem. Por isso, deixa um aviso para o canal: "Eu não sou obrigado a escutar deboches".

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Jair Bolsonaro

Ministros de Bolsonaro

Carlos Massa elogiou a escolha do juiz federal Sergio Moro para chefiar os Ministérios da Justiça e da Segurança Pública. Para ele, Bolsonaro acertou em convidar Moro e declarou que tem convicção que Moro será o melhor ministro do Brasil.

Ratinho também enalteceu o futuro ministro da Ciência e da Tecnologia, Marcos Pontes, e o da Economia, Paulo Guedes. O apresentador disse ser a favor da democracia e os outros devem respeitar o vitorioso na eleição. O artista repudiou aqueles jornalistas que, segundo ele, só criticam e perturbam a vida de Bolsonaro.

Transição

Jair Bolsonaro inicia formalmente nesta quarta (7) o Governo de transição ao se reunir com o presidente Michel Temer.

Vários de seus ministros também estão em Brasília participando de reuniões e contatos com outros parlamentares.

Por vários momentos, o capitão elogiou Temer por estar repassando informações e facilitando os trabalhos para toda a equipe nova. Os grupos trabalharão juntos até dezembro para que tudo seja seguido da melhor forma para o país.

Nesta quarta, o presidente eleito também irá ao Centro Cultural do Banco do Brasil, local onde funcionará o governo de transição.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo