Silvio Santos recebeu, no final da manhã desta quinta-feira, 13 de dezembro, o presidente eleito Jair Bolsonaro para um almoço que ofereceu, segundo o G1, em comemoração ao seu aniversário de 88 anos, completados nesta quarta-feira (12).

Bolsonaro estava em São Paulo, pois se submeteu a uma consulta no Hospital Albert Einstein, no Morumbi, que fica próximo à residência do dono do SBT, na Zona Sul de São Paulo.

Conforme informações disponibilizadas pela imprensa, o encontro entre os dois não estava previsto. O presidente eleito estava na companhia da esposa, Michelle Bolsonaro, da filha do casal, Laura, de 8 anos, e do futuro ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, além de assessores e seguranças.

A reunião entre os dois foi informal e Bolsonaro não conversou com a imprensa que fez a cobertura do fato.

Doação para o Teleton

Esse não foi o primeiro contato que Silvio Santos teve com Bolsonaro. Na edição deste ano do Teleton, o presidente eleito ligou para o programa e conversou ao vivo com o apresentador, fazendo uma doação para a AACD (Associação de Apoio à Criança Deficiente).

Durante a ligação, Silvio Santos fez questão de agradecer o contato e a doação do político, e afirmou que em 20 anos de campanha, aquela era a primeira vez que um presidente ligava para contribuir com a causa.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Santos

Silvio Santos ainda comentou que deseja que o presidente permaneça 8 anos à frente da presidência do Brasil e que depois o futuro Ministro da Justiça escolhido por Bolsonaro, o juiz Sergio Moro, seja eleito e também fique por dois mandatos no comando do país.

Consulta de Bolsonaro foi para definir cirurgia

A consulta médica a qual se submeteu o presidente eleito nesta quinta-feira no Hospital Albert Einstein foi para definir a data da cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia que Bolsonaro está usando desde que sofreu um atentado à faca, em setembro, quando fazia campanha em Minas Gerais.

O hospital não disponibilizou o boletim médico sobre a consulta e, segundo a assessoria de imprensa da entidade, só o fará com autorização do presidente.

Segundo divulgado pelo site Yahoo, a probabilidade é de que a cirurgia ocorra em janeiro, conforme o previsto. No entanto, por questões de agenda, a mesma poderá ter que ser adiada. Conforme informações dos médicos do presidente eleito, o período de recuperação da cirurgia é em torno de 10 a 15 dias após a cirurgia.

Cabe ressaltar que Jair Bolsonaro e sua equipe assumem a presidência da Republica do Brasil no dia 1 de janeiro de 2019.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo