A cerimônia de posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), já atrai a atenção de milhares de brasileiros que se organizaram em caravanas tendo como destino final a capital federal.

Caravanas organizadas por eleitores e simpatizantes do presidente diplomado começam a viagem rumo a Brasília para participarem da posse de Jair Bolsonaro, marcada para próxima terça-feira (1º). Na última quinta-feira (27), 30 pessoas do grupo Direita Manaus partiram de avião para a capital federal.

Publicidade
Publicidade

Segundo o presidente do movimento, Carlos Lucoli, mais de sessenta pessoas ligadas ao movimento deixarão o estado. Devido as más condições das estradas que levam de Amazonas e Brasília e o grande número de viajantes, a organização do movimento decidiu fazer a viagem voos comerciais.

Lucoli afirmou que as preparações para a viagem começaram logo após o final da eleição em primeiro turno, devido ao otimismo que o grupo tinha quanto a vitória do candidato no segundo turno.

Agências de turismo organizaram pacotes de viagem para a posse, em São Paulo, a empresa A Via vendeu 14 pacotes, os compradores partirão do Rio de Janeiro e do interior fluminense, bem como do interior paulista. O pacote inclui, hospedagem em hotel e a festa da virada na capital federal.

No Rio de Janeiro, um grupo organizou a Caravana Amigos do Mito. A caravana partiu do Maracanã, na noite de sábado (30).

Expectativa de hotéis lotados para a posse de Bolsonaro

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) aguarda 500 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios, para a solenidade da posse.

Publicidade

Se este número se confirmar, Jair Bolsonaro baterá o recorde de 2003, quando 200 mil pessoas acompanharam a cerimônia de posse de Luiz Inácio Lula da Silva.

Com grandes caravanas se deslocando à capital federal, o evento movimentará o ramo hoteleiro. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Distrito Federal (ABIH-DF), a taxa de ocupação nos estabelecimentos já supera o índice de 70%.

Esquema especial nas estradas que levam a Brasília

A Polícia Rodoviária Federal iniciou neste sábado a Operação Potissumum, o objetivo é garantir a segurança nas estradas e reforçar as abordagens a ônibus interestaduais.

Segundo a assessoria da Polícia Rodoviária Federal, as ações de repressão e prevenção ao crime em geral e aos crimes relacionados ao trânsito serão intensificadas.

O Consórcio Novo Terminal, que administra à Rodoviária Interestadual de Brasília, aguarda o desembarque e embarque de 80 mil passageiros entre os dias 27 de dezembro e 2 de janeiro.

Leia tudo