Considerado uma das figuras mais emblemáticas, influentes e polêmicas do cenário político nacional, Luiz Inácio Lula da Silva, que se encontra com 73 anos de idade, segue agitando o Brasil e o mundo com suas declarações um tanto quanto provocativas a seus oponentes.

Colecionando uma verdadeira legião de fiéis seguidores, Lula, embora detido na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 07 de abril de 2018.

Bastante procurado por jornalistas políticos, nesta última quinta-feira (06), trechos de uma entrevista do ex-presidente foram divulgados pela rede britânica BBC.

À BBC, Lula cita presidente eleito, Jair Bolsonaro

Trechos de uma entrevista realizada por carta à BBC mostram a inteira convicção do ex-presidente quanto a sua provável vitória na disputa presidencial contra o candidato do Partido Social Liberal (PSL), Jair Messias Bolsonaro, em outubro deste ano.

Inelegível por conta dos diversos processos em que é réu e por não contar com uma "ficha limpa", Lula viu o Partido dos Trabalhadores (PT) ser derrotado nas urnas e dar espaço para Jair Bolsonaro ser eleito como o novo presidente do Brasil.

Demonstrando estar inconformado com a vitória do candidato do PSL, Lula chegou a afirmar que: "Bolsonaro só venceu porque não disputou comigo".

Lula aborda diversos assuntos em carta à BBC

Proibido judicialmente de ceder entrevistas pessoalmente aos meios de comunicação, Lula vem destinando parte de seu tempo a responder cartas com perguntas e questionamentos relevantes a sua situação.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Lula

Cumprindo pena de 12 anos, atualmente Luiz Inácio se encontra preso em regime fechado e é do interior de sua cela em Curitiba, que escreveu as diversas cartas que formaram sua entrevista pós-eleição à BBC.

Abordando questionamentos pertinentes à derrota de seu partido nas urnas contra Bolsonaro, a fala de Lula faz parte de um conjunto de cartas respondidas pelo petista por intermédio do jornalista e ex-assessor político Kennedy Alencar.

Além de citar a derrota do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, escolhido pelo partido para representar o PT contra Jair Bolsonaro, nas cartas que formam a entrevista, Lula também não poupa críticas ao ex-juiz federal Sergio Moro, o qual acusa de tê-lo prendido a fim de tirá-lo da disputa presidencial.

Ainda segundo Lula, a atitude de Moro teria sido motiva e tomada após Bolsonaro prometer ao mesmo o cargo de Ministro da Justiça de seu mandato.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo