O partido do presidente eleito, Jair Bolsonaro, PSL, está sofrendo turbulência entre os membros. Nestes últimos dias, a deputada eleita Joice Hasselmann e o deputado eleito Eduardo Bolsonaro estiveram em um embate que chegou a se tornar público. No meio da "guerra" também entrou em cena o senador eleito Major Olímpio.

Em meio à racha do partido, Joice disse que Eduardo Bolsonaro é o "machão da vez" e avaliou que ela é mais forte que "qualquer marmanjo" do Congresso.

Publicidade
Publicidade

Joice disputa a Câmara e Eduardo é líder da atual bancada do PSL. Em conversa pelo aplicativo WhatsApp, divulgada pela imprensa, Eduardo chamou Joice de "sonsa" e disse que ela tem "fama de louca". O filho do presidente eleito avaliou que a também jornalista tenta atropelar os correligionários. Entretanto o caso se estendeu, gerando confusão até com o senador eleito, Major Olímpio.

Olímpio chegou a dizer que "todos estão contra Joice". A deputada também atacou, e sinalizou que enquanto ela trabalha, outros membros do partido são a "tropa da truculência" e espalham mentiras, venenos e ameaças.

Segundo Joice, a briga começou com desentendimento com Eduardo Bolsonaro. Ela chegou a dizer que o filho de Bolsonaro falha na condução da liderança. Em recado, Joice disse para Eduardo que não lhe concedeu liberdade para tais falas e sinalizou para que ele coloca-se em seu devido lugar.

Questionada sobre o fato, a deputada eleita analisou o caso e atribuiu que a forma como foi tratada por Eduardo teria sido por ela ser mulher. No entanto, não estaria nem um pouco preocupada com isso.

Publicidade

Indireta de Eduardo

O desentendimento partiu na conversa do WhatsApp, em que Joice divulgou um relatório sobre articulações que estava fazendo com outros partido. Com isso, Eduardo Bolsonaro teria dado uma indireta, sinalizando que apenas deputados poderiam realizar articulações com outros partidos. Joice Hasselmann iniciará seu mandato na Câmara no início do ano que vem no Governo Bolsonaro.

Em declaração para o portal UOL, Joice disse que acredita que nem mesmo Jair Bolsonaro estaria gostando da atitude de seu filho, pois é um posicionamento que causou escândalo, vinculado em diversas mídias.

Ela também sinalizou que está "fechada com Jair" e que não iria fechar os olhos para erros de qualquer pessoa.

Joice Hasselmann é deputada federal eleita pelo PSL.

Leia tudo