Nesta quinta-feira (13), Silvio Santos se encontrou com Jair Messias Bolsonaro (PSL) em um churrasco organizado por Fábio Farias (PSD), genro do Homem do Baú. Silvio aproveitou o momento para elogiar o futuro presidente do Brasil e afirmou que Bolsonaro fez boas escolhas quando decidiu quem seriam seus ministros.

Os floreios do apresentador tiveram também como alvo o ex-juiz Sergio Moro, apontado como futuro ministro da Justiça do governo Bolsonaro.

Publicidade
Publicidade

Enquanto conversavam, as duas personalidades estavam cercadas de seguranças. Desde o atentado que sofreu em Minas Gerais, o presidente eleito se mantém fortemente protegido quando está fora de sua residência.

Foi a primeira vez que Silvio se encontrou pessoalmente com o político conservador. O churrasco aconteceu na mansão do comunicador, no Morumbi, Zona Sul de São Paulo, onde sua família estava comemorando seus 88 anos de vida.

A polêmica do Teleton e o 'flerte' com a ditadura

Não foi a primeira vez que Silvio Santos teceu elogios a Jair Bolsonaro.

Durante o Teleton de 2018, o apresentador chegou a engrandecer o parlamentar dizendo que esperava a reeleição do político. Bolsonaro participou no programa por telefone, após fazer uma doação para a AACD. Silvio chegou até a brincar com a possibilidade de se eleger como presidente após o segundo mandato de Bolsonaro terminar. Apesar do tom de brincadeira, o Homem do Baú já se candidatou para a vaga de presidente do país.

A afinidade do apresentador pelo presidente eleito gerou discussões nas redes sociais e Silvio Santos foi acusado de apoiar o autoritarismo.

Publicidade

As criticas à posição do comunicador se formaram após a veiculação de propagandas no SBT que continham frases utilizadas pelo regime militar na época da ditadura. A afirmação "Brasil, ame-o ou deixe-o" fez parte de uma dessas peças, o que indignou parte dos telespectadores da emissora.

A polêmica de abuso

Silvio Santos foi protagonista de outra polêmica enquanto apresentava o Teleton. O apresentador fez "brincadeiras" de cunho sexual que tiveram como alvo a cantora Cláudia Leitte.

Silvio afirmou ao vivo que não conseguia segurar a excitação ao ver a loira em cima do palco além se dirigir a Claudia de uma maneira considerada desrespeitosa.

Os comentários do apresentador desagradaram tanto o público do programa quanto a própria Claudia Leitte, que desabafou sobre o caso em seu Instagram. Apesar do ocorrido, nenhum contrato entre a cantora e o SBT foi afetado.

Leia tudo