Em meio ao surto do coronavírus em todo país, a juíza federal substituta Gabriela Hardt, da 13ª Vara da Justiça Federal de Curitiba, mandou nesta quinta-feira (26) o ex-deputado Eduardo Cunha, preso no âmbito da Operação Lava Jato, para cumprir sua pena em regime domiciliar. De acordo com informações, essa é uma medida preventiva para que o parlamentar não fique vulneráveis a uma possível contaminação.

''Considerando sua idade e seu frágil estado de saúde, substituo, por ora, a prisão preventiva de Eduardo Cunha por prisão domiciliar, sob monitoração eletrônica", informa parte do trecho da decisão judicial.

Até o presente momento, não tiveram informações se outros parlamentares presos pelo crime de Corrupção irão ganhar esse benefício.

Apesar de ser uma medida de prevenção contra o vírus, muitas internautas não foram favoráveis a essa decisão da juíza federal. De acordo com a opinião majoritária, muitos alegam que essa medida poderá servir para a soltura de outros políticos presos pelo mesmo crime. Mesmo com o repúdio de parte da população, as medidas permanecem e Eduardo Cunha já se encontra em casa.

Coronavírus

A Câmara aprova auxílio de R$ 600 para informais durante a pandemia. Em meio ao surto do coronavírus, muitos brasileiros irão ser beneficiados com o projeto. O intuito é auxiliar as famílias que vivem de renda autônoma.

De acordo com parte da lei do projeto, só irão ser beneficiadas aqueles pessoas que possuem trabalho informal e também as mulheres que são provedoras da família.

De acordo com falácias ditas pelo próprio presidente do MDB, Baleia Rossi (SP), ele diz o seguinte sobre o respectivo caso apresentado:“conseguimos esse avanço de R$ 500 por pessoa, podendo chegar a R$ 1 mil por família e quando a mulher for provedora, para garantir a dignidade da família.

Por isso nosso apoio total ao projeto”, afirmou.

Ainda não foram divulgados os dados de quantas famílias poderão ser beneficiadas com o projeto. Até o momento, ninguém foi contemplado com o benefício.

Avanço do coronavírus no país

Até o presente momento, cerca de 77 pessoas foram vítimas fatais de acordo com informações cedidas pelo próprio Ministério da Saúde.

Na maioria dos casos, as vítimas eram pessoas acima de 60 anos que eram pertencentes aos estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

Apesar de ser números bastantes expressivos, o Brasil está distante do raking de mortes por conta do coronavírus, tendo como exemplo os Estados Unidos e a China. A Itália também é pioneira, onde registra números acima de 600 mortes por dia.

Ainda não foi elaborado uma vacina ou uma outra medida de prevenção do vírus. Por isso, os governantes recomendam que todos fiquem em casa de quarentena até que uma medida seja tomada.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Siga a página Corrupção
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!