Nesta quinta-feira (26), ao ser questionado sobre a situação do coronavírus no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro disse que o brasileiro precisa ser “estudado” porque é capaz de pular “no esgoto” sem que nada aconteça com ele.

"Eu acho até que muita gente já foi infectada no Brasil, há poucas semanas ou meses, e ele já tem anticorpos que ajuda a não proliferar isso daí", afirmou Bolsonaro.

Como sempre, o presidente se vê muito otimista em relação a não proliferação da doença no país, e continua tentando minimizar a ideia de que o Brasil corre risco com a pandemia da covid-19.

Segundo o presidente, a situação do Brasil não chegará a dos Estados Unidos, que depois de um mês já contabiliza 82 mil pessoas diagnosticadas com o coronavírus e mais de mil óbitos por conta da doença.

Bolsonaro afirma ainda que os cidadãos precisam aprender a cuidarem de si mesmo, e que as famílias necessitam se adaptem ao modelo de isolamento vertical. Acrescenta ainda que pensa em usar hotéis desocupados para realizar o isolamento vertical dos idosos durante este tempo de problemas de combate ao novo coronavírus.

Exames de Bolsonaro para covid-19

Por conseguinte, Bolsonaro também foi indagado pelos resultados de seus exames, os quais ele alega que deram negativo, porém o resultado nunca foi apresentado, e sua resposta foi bem rude, afirmando que sua palavra é bem mais valiosa que o papel com resultado do exame, e que não estão dormindo com ele para questionar alguma coisa.

Sabe-se que as palavras ditas pelo presidente nos últimos dias têm gerado muita polêmica, pois, em meio a tantas mortes e pessoas confirmadas com a doença, ele ainda tenta minimizar o risco de disseminação da pandemia do novo coronavírus no Brasil.

O presidente acredita que parte da população está fora de risco, no caso os que não são idosos, podem voltar ao trabalho. Assim, a economia brasileira poderá ser equilibrada, e os idosos devem ficar isolados.

Tal ideia tem gerado debate público, de um lado com aqueles que apoiam a ideia e os outros que discordam, alegando até ser genocida a ação de Bolsonaro.

Ele tem enfrentado até os governadores do país que tem ido de contra suas ideias e muitas vezes tomando atitudes antes mesmo de serem aprovadas por ele.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!