Uma polêmica foi registrada nas redes sociais envolvendo o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O petista usou seu perfil no Twitter para criticar a forma que o presidente governa o país em meio à pandemia do novo coronavírus. Na rede social, o ex-prefeito disse: "Nunca tinha visto um presidente se colocar em situação tão humilhante''. A declaração é uma clara referência à crise envolvendo Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

O chefe do Executivo federal rebateu as críticas pelas suas próprias redes sociais.

Bolsonaro pegou uma foto do ex-presidente Lula, amigo de Haddad, na qual o petista aparecia sendo escoltado por policiais federais no dia do enterro de seu neto, Arthur, em março do ano passado.

Bolsonaro e medidas para combater o surto do vírus

O Brasil está sendo bastante afetado economicamente com a proliferação do novo coronavírus. Diante disso, o presidente já se posicionou inúmeras vezes contra a política de isolamento social. Segundo Bolsonaro, o país poderá quebrar se toda a população brasileira permanecer em quarentena.

Mesmo com as declarações do chefe do Executivo, a população segue respeitando as orientações do Ministério da Saúde.

Após ser questionado sobre quais medidas o presidente iria tomar a respeito das pessoas que estão sem receber mediante a falta de trabalho, Bolsonaro acabou sancionando uma lei aprovada pelo Congresso que estabelece um auxílio de R$ 600 a trabalhadores autônomos.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!