O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está sendo bastante criticado nos últimos dias. Devido à proliferação da covid-19, o presidente está fazendo alguns pronunciamentos em canal aberto, com intuito de passar para população o que esta acontecendo no país. Em todos os pronunciamentos, bolsonaro era criticado pela população através de ''panelaços'' em toda parte do Brasil.

Mediante essa situação, o atual governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, informou disse em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo: ''Então é importante que as pessoas compreendam que temos de ter um governo federal e um presidente que coordene as nossas ações, que lidere as nossas ações, não que seja um líder de uma facção política''.

Esse caso está gerando bastante repercussão nas redes sociais. Até o fechamento dessa matéria, o presidente e nenhum assessor se posicionou sobre as declarações do governador do Espírito Santo.

Acusação de ex-presidente

Nos últimos meses, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está sendo bastante presente nos problemas do país. Diante da forma de governar de Bolsonaro, Lula informou que ele deveria orientar a população brasileira e não esconder os problemas do país.

Para Lula, foi um erro do presidente se posicionar contra medidas de prevenção da covid-19. Em diversos meios de comunicação, Bolsonaro informou que a prioridade seria a economia do país e não o surto da covid-19, já que as consequências não passavam de uma simples ''gripezinha'' ou ''resfriadinho''.

Além das críticas do ex-presidente, outros parlamentares estão fazendo movimentos para coibir as atitudes de Bolsonaro em razão do vírus. Nos últimos dias, o presidente teve um projeto de companha negado pela Justiça do Rio de Janeiro. Esse material de campanha seria para inflar ainda mais a situação, com intuito de fazer com que as atividades no país fossem retomadas nos próximos dias.

Mortes

Nas últimas horas, agentes do Ministério da Saúde atualizaram o número de pessoas mortas em decorrência da covid-19. Cerca de 240 mortes e 6.836 casos confirmados até o presente momento, mas esses números poderão aumentar ao longo dos dias.

Profissionais da área da saúde continuam a fazer campanhas para orientar a população sobre o vírus, já que ainda é notável a descrença de algumas pessoas sobre a covid-19.

Umas das dicas que está sendo divulgadas, é evitar lugares de aglomerações e lavar as mãos com água e sabão.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!