Nesta quarta-feira (10), foi publicada no Diário Oficial da União a exoneração da atriz Regina Duarte do cargo de secretária especial da Cultura. Diante disso, a atriz optou por comentar sobre o assunto nas redes sociais. “Deu-se! #ufa”, escreveu Regina Duarte em uma publicação no Instagram, na qual anexou uma foto do decreto de sua exoneração. Vale lembrar que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), já havia anunciado a saída da atriz do cargo no dia 20 de maio.

Na ocasião, Bolsonaro disse que Duarte iria assumir a Cinemateca Brasileira, em São Paulo. A Cinemateca citada pelo presidente é uma instituição brasileira vinculada à Secretaria da Cultura, responsável por preservar a produção audiovisual do país.

A exoneração de Regina Duarte foi assinada por Bolsonaro e pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Vale lembrar que a atriz assumiu o cargo de secretaria da Cultura do Brasil no dia 4 de março. Na ocasião, a missão de Duarte era fazer a “pacificação” do embate entre a classe artística e a indústria da cultura com o governo federal.

Bolsonaro diz que Regina Duarte sentia falta da família

Na ocasião, ao comunicar o desligamento da atriz de seu governo, Jair Bolsonaro usou as redes sociais. Bolsonaro afirmou que Regina Duarte estava sentindo falta de sua família, porém, para que a atriz continuasse contribuindo com o governo da Cultura ela iria assumir a Cinemateca. Diante disso, o presidente ainda afirmou que nos dias seguintes seria mostrado o trabalho que foi realizado nos últimos dois meses.

Presidente e atriz gravam vídeo juntos

O comunicado de Bolsonaro nas redes sociais contou ainda com um vídeo anexado onde ele aparece ao lado de Regina Duarte. No vídeo, a atriz afirmou que havia se designado até a residência de Bolsonaro para perguntá-lo se ela estaria sendo “fritada”. Após o questionamento de Duarte, Bolsonaro respondeu dizendo que toda semana há ao menos um ministro que, segundo a mídia do país, está sendo “fritado”.

E mais, ainda no vídeo, Bolsonaro afirmou que o objetivo destas notícias é desestabilizá-los, para assim, “tentar jogar o governo no chão”. Contudo, por fim, o presidente afirmou que “não vão conseguir” e, ressaltou que jamais “fritaria” Regina Duarte. Além disso, Bolsonaro deixou claro o compromisso da atriz continuar lhe acompanhando em suas diversas idas e vindas a São Paulo.

Regina desabafa nas redes sociais

Depois de deixar a Secretaria da Cultura, Regina Duarte usou seu Instagram para desabafar sobre o assunto. No texto, a atriz afirmou ter se assustado com a proposta de Jair Bolsonaro, e confessou que só o aceitou porque muitas pessoas falavam, “aceita, Regina”, “com o olho brilhando de esperança”. Além disso, a atriz ainda se autocriticou dizendo que a sua “inexperiência em gestão pública” acabou sendo crucial para que ela descobrisse que o Projeto de Cultura, pelo qual sonhou, “era inviável”.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!