Na manhã desta quarta-feira (22), o resultado do novo teste para contaminação por coronavírus de Jair Bolsonaro foi divulgado. Pela terceira vez o presidente da República testou positivo.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está em isolamento há 14 dias, desde que recebeu o seu primeiro resultado positivo para a Covid-19. O presidente já havia mencionado em algumas de suas lives que acreditava que nesta semana já poderia voltar às atividades normais e assim entrar na estatística dos recuperados.

Nota

De acordo com informações divulgadas em nota pela Secretaria de Comunicação do Governo, o presidente Jair Bolsonaro continua sendo acompanhado pela equipe médica da Presidência, com a qual faz exames cardíacos e avaliação do quadro de saúde diariamente.

Nesta terça-feira (21), o chefe do Executivo realizou seu terceiro exame para a contaminação do novo vírus e os resultados indicaram que ele permanece contaminado. Apesar disso, a nota afirma que seu estado de saúde segue em boa evolução.

O primeiro exame que confirmou o diagnóstico foi realizado no dia 7 de julho. Posteriormente, no dia 15, um novo exame foi feito, indicando que Bolsonaro permanecia contaminado. Por fim, o exame desta terça-feira (21) atesta que o presidente mantém o quadro.

Hidroxicloroquina

O presidente Jair Bolsonaro defende veementemente o uso da cloroquina no tratamento da Covid-19, porém, o novo resultado do teste pode acalmar os ânimos da população em torno deste discurso.

O fato de Bolsonaro ainda estar contaminado pode enfraquecer sua teoria que nunca teve comprovação científica.

Desde que iniciou a quarentena, Bolsonaro cumpre a agenda presidencial através de vídeo-conferências, conversa com o grupo e apoiadores no Palácio da Alvorada, mantendo distância, e sai diariamente para caminhar e tomar banho de sol.

No domingo passado, Bolsonaro ergueu uma caixa de cloroquina para seus apoiadores e foi exaltado após furar o isolamento e praticar tal ato.

Declaração

Após fazer o terceiro teste, Jair Bolsonaro disse aos seus apoiadores que se sentia muito bem e, caso testasse negativo, pretendia retomar as atividades imediatamente.

Afirmou ainda que, em caso negativo, faria uma viagem para o Piauí na sexta-feira.

Os auxiliares da presidência também aguardavam o resultado com expectativa, acreditando que teriam o presidente Jair Bolsonaro de volta ao planalto no dia de hoje.

De acordo com a Presidência, foram analisados materiais coletados da boca e realizada a análise sanguínea. O exame, porém, não foi divulgado publicamente.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!