Se os gaúchos ainda mantêm o hábito de ouvirem rádio, um dos programas favoritos - e, por consequência, um dos mais ouvidos - é o Sala de Redação, da Rádio Gaúcha, tradicional atração de debates esportivos no horário das 13h. E foi dentro desse conhecido programa que o jornalista e historiador Eduardo Bueno, o Peninha, protagonizou uma grande polêmica nesta semana.

Conhecido por ser um personagem irreverente, bem-humorado e até folclórico, Peninha acabou "exagerando na dose" na edição de quinta-feira do Sala de Redação, quando esteve presencialmente no estúdio ao lado do âncora Pedro Ernesto Denardin e dos debatedores David Coimbra, Adroaldo Guerra Filho, o Guerrinha, Maurício Saraiva e Eduarda Streb.

Duda Streb, que integra o programa desde o início do ano representando a "ala" colorada, fez uma ironia logo no início da atração ao abordar as recentes arbitragens dos jogos do Grêmio. Segundo ela, virou "lei" expulsar um jogador do time adversário do Grêmio [VIDEO] e também marcar penalidade máxima a favor do tricolor.

Antes mesmo de completar a sua tese, Duda acabou surpreendida e interrompida por Peninha, que é um dos mais conhecidos torcedores do Grêmio:

"Quem é que convidou essa menina aí? Volta para a cozinha que é o lugar de onde tu nunca deveria ter saído", disparou.

É bem verdade que Peninha adotou o tom de brincadeira para disparar a polêmica frase, e despertou risadas dos demais membros da mesa, inclusive de Duda, que se limitou a dizer: "Oh, isso está sendo gravado". Também em tom ameno, Maurício Saraiva brincou e "aconselhou" Duda: "Mete o processo, mete o processo que ele tem dinheiro".

Situação se altera nesta sexta-feira

Mesmo após a polêmica intervenção de Peninha, o Sala de quinta-feira seguiu normalmente debatendo outros assuntos sem que a piada fosse relembrada ou rediscutida. Mas a situação se alterou completamente nesta sexta, até pela grande manifestação contra o historiador nas redes sociais.

Ciente da repercussão negativa, Peninha gravou um áudio que foi lido na edição desta sexta do Sala de Redação. Ele fez questão de dizer que fez apenas uma brincadeira, uma "piada ruim, velha" e pediu desculpas publicamente.

"Convido Duda para almoçar comigo e para eu me desculpar pela piada, não por ter sido uma piada assim tão ruim. Mas era velha, antiquada. Entendo que a cozinha é um dos lugares mais sagrados de uma residência. Eu mesmo morei em Gramado por anos e deixava minha mulher trabalhar. Aí eu que cuidava da casa e da cozinha. Foi uma piada ruim. No que depender de minha essa questão está encerrada. Minha obra fala por mim. Quem me conhece sabe que quero as mulheres sempre no poder", disse Bueno.

Ao contrário da quinta-feira, quando pareceu "aceitar" a piada, Duda teve outra postura ao longo do programa exibido nesta sexta. Depois de ouvir o áudio e o pedido de desculpas de Peninha, ela sentiu dificuldades para falar e não conseguiu segurar as lágrimas. Chorando bastante, disse o quanto era difícil "ser mulher e trabalhar no meio do jornalismo esportivo". Por fim, disse que considerava a brincadeira de Peninha como uma "brincadeira infeliz".

Por conta de outros casos semelhantes a esse, mulheres do jornalismo esportivo lançaram recentemente a campanha "Deixa Ela Trabalhar", inclusive com a presença de várias jornalistas do Grupo RBS, que abriga entre suas atrações o Sala de Redação. Experiente repórter e apresentadora, Duda Streb voltou a trabalhar no Grupo RBS e agora representa a torcida colorada [VIDEO] no Sala de Redação. Já Eduardo Bueno, o Peninha, participa apenas uma vez por semana do tradicional programa da Gaúcha.