Na tarde desta terça-feira (06), um homem identificado como Adão Antunes dos Santos, de 61 anos, foi morto a tiros dentro de uma padaria na zona norte de Porto Alegre. De acordo com a Polícia, três suspeitos teriam entrado armados no estabelecimento, localizado na avenida Sertório, e depois de anunciar um assalto. Adão, que também estava armado e era cliente da padaria, teria reagido, atirando contra os assaltantes.

Na troca de tiros, a vítima teria sido atingida por dois disparos e acabou morrendo no local.

Logo após a ação, os suspeitos teriam conseguido fugir em um automóvel, mas logo depois se depararam com uma viatura de polícia do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc).

Houve perseguição e troca de tiros. Um dos elementos foi baleado e o trio acabou sendo preso. Segundo amigos da vítima, Adão era morador da cidade de Viamão e trabalhava como motorista. Os amigos ainda mencionaram que ele já tinha sido assaltado há pouco tempo na Voluntários da Pátria e na ação os assaltantes teriam levado sua aliança de casamento, a carteira e seu aparelho celular.

Os autores do crime foram presos e serão encaminhados para um sistema penitenciário e irão aguardar o término do inquérito em regime fechado.

Elementos tentam assaltar comerciante no bairro Menino Deus-RS

Dois assaltantes teriam tentado roubar, nesta tarde de segunda-feira (05), um comerciante que estava carregando um malote de dinheiro em frente a uma agência bancária do Banrisul, situado na avenida Praia Belas, no bairro Menino Deus, em Porto Alegre.

De acordo com informações, os homens estavam armados e teriam tentado abordar o empresário, que rapidamente teria fugido e entrado na agência bancária para escapar do assalto.

Logo depois da tentativa frustrada dos elementos, os dois teriam embarcado em um automóvel Honda Fit e fugido rapidamente do local em direção ao bairro Azenha. A Polícia Militar foi chamada para atender a ocorrência e um efetivo do 1º batalhão teria se deslocado para realizar buscas pela região.

Além dos agentes militares, uma guarnição da Polícia Civil também se prontificou nas buscas pelos meliantes. O caso foi registrado na delegacia da região e até o fechamento desta matéria nenhum suspeito foi detido. A polícia agora irá verificar as câmeras de segurança da região para tentar identificar os elementos que tentaram praticar o assalto.

Não perca a nossa página no Facebook!