Um homem de 57 anos de idade foi preso em flagrante na manhã desta quinta-feira (21) pela Polícia Civil da região de Eldorado do Sul, no Rio Grande do Sul, por cometer os crimes de constrangimento ilegal, injúria, ameaça, violação de domicílio, desacato as autoridades e também por contravenção penal de vias de fato.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Rodrigo Caldas, a prisão só foi concluída por conta de uma denúncia realizada pela filha do homem e de sua ex-mulher, que disseram na delegacia estarem completamente aterrorizadas com o comportamento inadequado e agressivo do homem.

Ainda de acordo com o delegado titular Caldas, da Delegacia de Polícia de Eldorado do Sul, quando detido, o homem claramente demonstrou desprezo pela lei Maria da Penha, lei esta que protege as mulheres em caso de agressões e outras situações de risco.

Caldas ainda afirma que, ao chegarem na delegacia, as vítimas relataram que sofriam agressões constantes havia vários anos.

O delegado ainda diz que uma investigação será realizada para saber a respeito de um outro assunto, pois, ainda na delegacia, as vítimas também relataram que o agressor gostava de tirar fotos da ex-mulher e de sua filha nuas. Como a filha do casal tem apenas 17 anos de idade, se confirmada a versão das vítimas, a situação dele perante a justiça pode se agravar ainda mais.

Delegado diz que crimes deste tipo contra as mulheres são tratados sempre com muita atenção

Ainda segundo o delegado Caldas, esses tipos de crimes contra as mulheres são tratados com uma profunda e especial atenção pelos agentes da Polícia Civil e existe um cartório que cuida somente deste tipo de assunto dentro da delegacia da cidade de Eldorado do Sul.

“Agora as investigações irão continuar e ser for comprovado mais alguma irregularidade na conduta do suspeito ele será indiciado por isso”, disse o delegado.

O diretor e delegado Mário Souza, da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana da cidade de Canoas, relata que toda a ação realizada pela Polícia Civil neste caso foi muito rápida, enérgica e bastante contundente, e com a extrema preocupação com as vítimas para que esse tipo de violência contra elas acabassem de fato.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!