Foi preso em flagrante nesta última segunda-feira (8), no centro histórico de Porto Alegre, um homem suspeito de tentar abusar de uma adolescente de 17 anos.

O suspeito, identificado como Luiz Augusto Félix dos Santos, de 51 anos, estava em regime semiaberto e já teria cumprido 20 anos de detenção em regime fechado.

De acordo com agentes da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), Félix teve sua condenação baseada em vários crimes sexuais e também outros delitos considerados graves, como homicídios, formação de quadrilha e roubos.

O homem foi detido pela primeira vez em novembro de 1988. Depois de ficar pelo menos 10 dias detido, ele foi colocado em liberdade. Entretanto, Félix foi preso por uma segunda vez em 1990, mas teria conseguido fugir da penitenciária no final deste mesmo ano, sendo pego novamente em 1993.

Popularmente, o homem ficou bastante conhecido por conta de sua vasta ficha criminal e por praticar a maioria de seus crimes no bairro Partenon, na zona leste da capital Porto Alegre, sendo chamado de Monstro do Partenon.

Segundo Félix, sua infância e adolescência sempre foram marcadas por atos infracionais, violências que sofreu e também por várias internações e fugas na antiga Fundação Estadual do Bem Estar do Menor (Febem).

Na prisão, Félix recebeu alfabetização e chegou a escrever dois livros, que foram publicados no ano de 1990 –"Diário do Diabo - Quando os Anjos se Prostituem" e o romance "A Morte Depois da Paixão".

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Este último fez com que ele participasse de uma sessão de autógrafos na Feira do Livro de Porto Alegre no ano 2000.

No ano de 2017, Félix acabou conquistando o direito de cumprir sua prisão em regime semiaberto.

Segundo a Polícia, o preso teria saído da cadeia no último sábado (6) e teria que retornar ao Instituto Penal Irmão Miguel Dario, na capital, ainda nesta terça-feira (9) até as 10h. Mas ele acabou sendo preso novamente nesse espaço de tempo, suspeito de tentar abusar da adolescente.

De acordo com Rodrigo Reis, delegado responsável pela prisão, Félix teria atentado contra uma menina de 17 anos nas proximidades do Mercado Público.

Tentativa de abuso

Ainda de acordo com o delegado Reis, o suspeito segurou a menina pelo pescoço e pelo braço, pedindo para que ela se acalmasse e não gritasse. Após tentar levar a adolescente para outro lugar, uma pessoa que percebeu a ação assustou ele. Após isso ele correu, mas outras pessoas e também seguranças do Mercado Público conseguiram pegá-lo e chamaram a Brigada Militar, que efetivou a prisão.

Ele foi encaminhado para delegacia para os demais esclarecimentos dos fatos. Após o registro do caso, ele foi enviado novamente para a penitenciária.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo