As passagens dos ônibus que circulam pela Região Metropolitana do Recife (RMR) ficará mais cara. De acordo com o sindicato que representa as empresas de ônibus da região (Urbana-PE), a proposta é que o valor do Anel A passe dos atuais R$ 2,45 para R$ 3,25, o que representa um amento de 32% no valor da tarifa. Já o Anel B subiria de R$ 3,35 para R$ 4,40.

O anúncio do Urbana repercutiu negativamente nas redes sociais e na imagem do governador do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB).

Muitos usuários compartilharam vídeos e mensagens em que o político prometia o congelamento da tarifa A em R$ 2,15. O material data dacampanha de Câmara para as eleições de 2014.

A proposta de reajuste apresentada pelo Urbana-PE será avaliada nesta sexta-feira (15) pelo ConselhoSuperior de Transporte Metropolitano, órgão responsável por debater os temas relacionados ao transporte público na Região Metropolitana do Recife.

A reunião aconteceàs 8h, no Centro de Convenções de Pernambuco, localizado na cidade de Olinda.

Segundo o presidentedo Grande Recife Consórcio de Transporte, Francisco Papaléo, o novo valor das tarifas não será necessariamente o proposto pelo sindicato das empresas. Osecretário das Cidades,André de Paula, também assegurou que o Governo se esforçará para que o reajuste seja o menor possível. Outra fonte ligada ao Governo declarou que o aumento das passagens não chegará nem perto do que pedem os empresários da Urbana-PE.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Governo

Protesto

Em virtude da proposta de reajuste apresentada pelo sindicato das empresas de ônibus, movimentos sociais estão organizando protestos contrários ao aumento das tarifas. AFrente de Luta pelo Transporte Público marcou para esta sexta-feira (15) o primeiro protesto da organização.A caminhada terá concentração na Praça do Derby, área central do Recife, a partir das 8h, e seguirá pelas principais vias da cidade.

Outras reivindicações

A Frente de Luta pelo Transporte Público também defende queo passe livre seja disponibilizado para todos os estudantes do estado. Atualmente, o benefício é exclusivo para alunos da rede pública de ensino. Outra reivindicação é o congelamento do valor das passagens de ônibus, em conformidade com a proposta de campanha apresentada por Paulo Câmara durante as eleições de 2014.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo