Moradores do Recife, Região Metropolitana e interior de Pernambuco respiram aliviados. Após longa negociação, os policiais e bombeiros militares do estado decidiram por não decretar greve.Durante toda a quarta-feira (27), o clima de indecisão marcou a região. Aconfirmação de que os serviços da segurança pública não seriam paralisados só ocorreuno final da noite, por volta das 23 horas.

No dia anterior, terça-feira (26), o Comando Geral da Polícia Militar de Pernambuco e o Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado já haviam declarado que não haveria greve dos policiais e bombeiros militares.

No entanto, essa certeza foi descartada na quarta-feira, quando representantes da Associação de Cabos e Soldados, daAssociação de Praças dos Policiais e Bombeiros Militares e da Associação dos Bombeiros Militares de Pernambuco se reuniram com o representantes do Governo do Estado.O encontro, que aconteceu na sede da Secretaria de Administração, no bairro do Pina, no Recife, durou mais de duas horas e teve a presença dosecretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, do secretário de Administração, Milton Coelho, e do comandante da Polícia Militar de Pernambuco, coronel Carlos D'Albuquerque.

Logo após a reunião, policiais e bombeiros decidiram em assembleia não aceitar a proposta inicial do Governo do Estado, apresentando, por sua vez, uma contra-proposta. O acordo aconteceu já no final da noite e descartou de vez a possibilidade de greve.

Reivindicações

Os policiais e bombeiros militares pedemreajuste salarial de 6,5% e reposição salarial de 18,5%. Além disso, alegam não receberhora extra, adicional noturno e adicional de insalubridade há aproximadamente dois anos. Outra queixa é o fato deterem de pagar o fardamento. De acordo com a categoria, é dever do estado prover esta questão.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Governo

Acordo

O Governo de Pernambuco se comprometeu a atender diversas reivindicações, entre elas o Pagamento de Auxílio para Aquisição de Uniforme no valor de R$ 750,00 anual, oPagamento de ajuda de Custo Transporte no valor de R$ 400,00 mensais para todos os Praças e aAbertura de Concurso Público eSeleção Interna para o Curso de Formação de Oficiais.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo