A religião muda pessoas para o bem e para o mal. É fascinante, segundo o sociólogo Clemir Fernandes opoder que exerce a religião sobre o ser humano e de sobremaneira no comportamento das pessoas e da sociedade - ele analisou o processo de mudanças dessas crenças nos presídio brasileiros de sobremaneira os evangélicos e como experimentam novas realidades . O perigoso é se deixar levar aos extremos por uma espécie de lavagem cerebral, uma passagem em que pessoas instruídas, inteligentes e céticas se tornam crentes.

Clemir Fernandes é sociólogo realizou uma pesquisa nos presídios cariocas e constatou que os presos do Rio de Janeiro são em sua esmagadora maioria evangélicos.

Batizada de “Assistência religiosa em prisões do Rio de Janeiro: um estudo a partir da perspectiva de servidores públicos, presos e agentes”, do Instituto de Estudos da Religião – esta pesquisa terá divulgação em breve.

Ele adianta que esta predominância inconteste de evangélicos dentre os apenados não é uma conclusão sua, mas do IBGE que dá números para o crescimento dos evangélicos não só dentre os presos, mas no Brasil - que houve o crescimento de 61%.

Clemir constatou que em alguns presídios fora do RJ esta conversão dos presidiários em evangélicos tornou benéfica transformando o ambiente menos tenso tanto para os presos como para os funcionários, mas detectou um aspecto negativo. Como maioria, estes evangélicos transformaram-se em uma facção acabando obtendo privilégios tais como celas especiais. Só que a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro não concedeu regalias.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Lá os presos são distribuídos nas celas de acordo com o tipo de seu crime, não por cientologia.

Sincretismo religioso

A Secretaria aprovou 100 instituições religiosas para dar assistência espiritual nos presídios fluminenses. Do total, 81 são igrejas evangélicas - 47 pentecostais, 20 de missão e 14 de outras origens tais como: oito instituições Católicas, seis grupos espíritas, três grupos da religião Testemunhas de Jeová, um grupo Umbandistas e outro Judeu.

Leia mais:

Pezão contrata pastor para secretaria de direitos humanos e vai tirar 'Rio sem Homofobia

No Rio, festa homenageia cultura afro, mas deixa negros do lado de fora

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo