O fato ocorreu na manhã desta sexta-feira, dia 30 de setembro, na Rua Leopoldo Bulhões, após uma perseguição da Polícia da Delegacia de Roubos e Furtos em busca de uma carga roubada num caminhão baú e de um veículo Sedan preto que fugiram ao ver os oficiais. Os mortos no confronto foram Anderson Silva Tomaz de 26 anos e um rapaz de 17 anos.

Anderson, que dirigia o caminhão baú, e outro motorista num Sedan preto, desviaram de maneira brusca ao visualizarem uma viatura com policiais.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Polícia

Os oficiais então foram atrás dos dois veículos. No momento em que ligaram as sirenes, os suspeitos começaram os disparos.

O sedan preto entrou na comunidade da Mandela, os policias seguiram atrás do caminhão, até que o veículo caiu num barranco.

Na cabine do veículo, encontraram Anderson baleado. O homem portava uma pistola e o caminhão era roubado.

O suspeito possuía várias passagens, por tráfico de drogas, porte ilegal de armas, receptação e homicídio.

No momento em a polícia ainda estava recuperando o veículo roubado, traficantes do Manguinhos abriram fogo contra os agentes que se defenderam revidando os tiros, iniciando um novo confronto.

A Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) teve que ser acionada para ajudar na operação e sair em busca destes traficantes na comunidade.

Durante a operação, um membro do tráfico, de 17 anos de idade, foi alvejado pelos policias. Com o rapaz foi encontrada uma pistola importada de uso restrito, uma Glock calibre 45mm com 'kit rajada'. O menor já era procurado pela polícia por envolvimento com tráfico de drogas e resistência.

Os melhores vídeos do dia

Anderson, de 26 anos, que dirigia o caminhão, foi encaminhado ao Hospital Sousa Aguiar, recebeu atendimento, porém não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. O jovem de 17 anos foi encaminhado ao Hospital Salgado Filho e também morreu no local.

Segundo moradores, Anderson estava passando pela rua, junto com outros moradores, quando foi atingindo pelos disparos, sem qualquer envolvimento com o tiroteio. A delegacia de homicídios investiga o caso.

Um motorista que passava na hora do confronto chegou a registrar com uma câmera o tiroteio que ocorria no local.