A família de Marielle Franco além de sofrer a perda, enfrenta calúnias e difamações nas redes sociais. Marielle morreu pelos seus ideais e agora está mais viva do que nunca. A barbárie que vitimou a vereadora e seu motorista na quarta-feira (14/03) chamou a atenção do mundo pela forma covarde como aconteceu. Mas o legado que ela deixou é o que fortalece a família e os amigos. Isso parece incomodar alguns, enquanto milhares estão confiantes que a morte dela não foi em vão, por isso afirmam com veemência que o "Do luto à luta".

A dor e a revolta da família

Em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, a família expressa sua dor. "Só tinha uma maneira de calar minha filha, era fazer o que eles fizeram. Se eles não matassem ela, ela ia alçar voos mais altos, ia chegar muito mais longe", falou o pai de Marielle. Sua mãe disse que não tem como dimensionar a dor que se sente. "É um pedaço que se vai".

A família encontra forças nas mensagens positivas que o mundo mostra em marcha por Marielle.

Anielle, a irmã da vereadora, diz: "Se eu fosse de outra família, talvez eu me calasse e me afastasse da internet. Mas eu sou neta de Filó, filha de Marinete, e irmã com muito orgulho de Marielle! Sim, eu sou Anielle, e vocês não irão me calar ou me impedir de defender minha família, minha irmã e sua linda história”, escreveu em redes sociais.

Diante das ofensivas envolvendo o nome de Marielle Franco, todos se revoltam e rebatem com a verdade.

O PSOL em respeito a luta, a vida e a memória de Marielle já está tomando as devidas providências.

A assessora de Marielle que estava com ela no momento do crime ainda está muito abalada, mas mesmo assim concedeu entrevista ao Fantástico: "Eu queria a Marielle viva. O Anderson vivo. Por que sobreviver é uma coisa muito cruel. Por que eu preciso sobreviver? Que coisa horrenda é essa? Que violência é essa?", lamentou. O nome da assessora não foi divulgado por segurança.

Cantora Katy Perry emociona público ao prestar homenagem

A cantora Katy Perry teve hoje uma grande emoção no seu show no Rio de Janeiro. Ela prestou homenagem a Marielle, com um minuto de silêncio e ofereceu a música "Unconditionally" para ela, depois de ter convidado a filha e a irmã de Marielle para subir ao palco. No fundo do palco havia um telão com a foto da vereadora. Mas sua emoção foi maior quando ouviu todos gritarem numa só voz: "Marielle presente".

A americana disse a Luyara, única filha de Marielle: "Continue brilhando pela sua mãe".

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo