O dono de uma loja de celulares, identificado como Fernando Alves Sousa Coelho, de 34 anos, foi preso em flagrante em um motel em Feria de Santana, na Bahia, após uma tentativa de estupro, de uma cliente que preferiu não ter o nome divulgado, a mesma acionou a polícia no local.

A vítima foi à loja do suspeito efetuar uma troca de celulares, que ocorreu no dia 13 de outubro, a mulher de 30 anos esqueceu de apagar alguns dados e imagens, que foram encontradas pelo suspeito [VIDEO]. Após dois dias começaram as chantagens.

O empresário teve acesso a vários dados da vítima. Com fotos e vídeos em seu poder, os chamados ''nudes'', o suspeito fez contato por WhatsApp com a vítima falando sobre as fotos, ameaçou divulgar suas imagens pelas redes sociais, caso ela não aceitasse a ter um ato sexual com ele.

A vítima chegou a registrar ocorrência na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Feira de Santana.

Conforme relato da Polícia, a vítima ao chegar ao motel acionou a Polícia Militar. O empresário foi preso em flagrante e autuado por violação sexual e ameaça. O suspeito confessou o crime e disse estar arrependido.

A seguir trechos que mostram as conversas entre ambos

O suspeito nega-se a ceder aos pedidos da cliente, e pressiona a vitima.

"Melhor você ficar na sua. Tá conversando demais".

"Quero e acabou".

"Vou e você sabe disso".

É relatado que a todo momento a vítima teve medo, que suas fotos fossem divulgadas.

"Espero que não faça nenhuma besteira. Não precisa você postar nada em grupo não, porque eu vou sair com você, porque você está me chantageando para transar com você."

O suspeito alegou que não fez busca dos dados intencionalmente, mas que quando foi efetuar a troca de senha do seu novo aparelho, adquirido em sua loja, ocorreu imediatamente um backup para seu computador, onde ele passou a ter acesso aos dados e documentos da vítima. Foi quando ele começou a chantageá-la , afirmou a delegada Edileuza Suely Cardoso Ramos, responsável pelo caso.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

O suspeito

O suspeito foi liberado na audiência de custódia nesta quarta-feira (dia 24).

O advogado do suspeito relata que o cliente não necessitou pagar fiança, mas terá que manter distância da vítima e não poderá ter qualquer tipo de contato com ela. Por restrições impostas pela justiça, também será obrigado a comparecer em juízo quando solicitado e não poderá se ausentar da cidade sem autorização, além de ter que ficar em recolhimento domiciliar no período da noite. O empresário irá responder ao processo em liberdade.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo