Quem passa pela Rua Anhaia, no Bom Retiro, região central da capital paulista, se depara, por entre prédios comerciais e residenciais, com um achado histórico. Trata-se do templo da Congregação Cristã no Brasil, o primeiro em alvenaria da denominação religiosa, tombado pelo Patrimônio Histórico.

Hoje tímidoentre templos cada vez mais suntuosos, o prédio estava fechado para reforma há 34 meses e os fiéis tiveramseu ponto de realização de cultos transferidos para outras dependências da mesma Igreja em outro bairro de São Paulo.

A reinauguração, chamada pelos adeptos como "reabertura", foi presidida pelo Sr. Gerbes Oliva, ancião da sede da denominação, no Brás. A solenidade contoucom cânticos congregacionais acompanhados de uma orquestra, orações e a exortação de um trecho do Evangelho de João. Na ocasião, foi apresentado um novo membro a exercer a função de Cooperador do Ofício Ministerial, que equivale a um ajudante do ancião local.

Um fiel que exerce um cargo da Gestão da igreja fez a leitura de um balanço com informações exatas sobre os gastos empreendidos na restauração.

A localidade é um ponto de culto tradicional da igreja. De acordo com uma frequentadora que se manifestou nas redes sociais, o templo do Bom Retiro foi e ainda é o mesmode diversas pessoas importantes para a história da denominação.Todas as segundas, quintas, sábados e domingos são realizados cultos e reuniões no local.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Religião

"Christã" ou "Cristã"?

Nas redes sociais, a divulgação de fotos da fachada da igreja gerou confusão nos membros. Isso porque a grafia da palavra "Cristã" estava "Christã". A administração da maior fanpage referente à Congregação, embora independente e sem vínculos institucionais, CCB Mensagens, esclareceu que o templo se tratava do mais antigo da denominação, e, por ser patrimônio histórico, deveria manter a grafia original da época de registro do imóvel e das características mais próximas o possível da construção original.

Longe dos holofotes

Considerando que estamos na era da informação e o crescente volume de dados compartilhados nos mais diversos meios de comunicação, a Congregação Cristã no Brasil parece, ou tenta parecer, imune a todos eles. A administração da igreja só se manifesta através de "circulares", que são cartas enviadas às igrejas de sua jurisdição para declarar a respeito de algum determinado assunto.

Mesmo assim, sem nenhum meio de comunicação oficial ou propaganda, a não ser o boca-a-boca, possui mais de 2,2 milhões de fiéis em todo o Brasil, de acordo com as informações obtidas no Censo de 2010 realizado pelo IBGE. Sem jornais, revistas, páginas em redes sociais, portais para membros na internet, a igreja tem sobrevivido no mundo globalizado de forma instigante. No website oficial da igreja, que se resume a uma nota de esclarecimento, ela declara que quem tiver interesse em conhecê-la deve frequentar seus cultos e que não mantém nenhum meio de divulgação pública de seus princípios.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo