Hoje, dia 4 de fevereiro de 2017, por volta das dez horas da manhã, um homem foi levado preso após bater com o carro numa loja na Avenida Jabaquara, próxima ao metrô São Judas, na Zona Sul de São Paulo. O veículo, que havia sido roubado, bateu em outros automóveis. Cerca de dez viaturas da Polícia Militar perseguiram o carro e houve troca de tiros.

O veículo envolvido no Acidente era um Toyota Hilux SW4 SRV, de cor prata. O assaltante entrou na Avenida Jabaquara, derrubou um policial que estava numa moto, chocou-se contra o veículo Jeep Renegade branco, e só parou quando foi de encontro a uma loja de tintas.

O Jeep ficou com o para-choque e os faróis frontais totalmente destruídos. Segundo os policiais militares que atenderam o acidente na região, o automóvel era roubado e estava sendo perseguido.

A loja de artigos para a pintura de paredes, que fica em frente ao hipermercado WalMart, tem o nome na fachada de "Tintas MC", ficou com a porta de vidro completamente destruída. O veículo Hilux também atingiu um Corsa Pick Up preto que estava estacionado em frente ao ponto de comércio, arrancando-lhe o para-choque.

De acordo com as informações das pessoas que estavam no local, houve um breve tiroteio. Então, conseguiram render o indivíduo e levaram preso o homem que estava na direção. Não havia mais ninguém com ele.

O promotor de vendas e fotógrafo amador, Henrique Alves, que tirou as fotos do ocorrido, conta que ouviu o barulho de uma batida e saiu do hipermercado onde estava trabalhando para registrar o fato. "A primeira coisa que eu pensei quando vi o acidente foi pegar a minha câmera. Os policiais foram muito educados, responderam as minhas perguntas e deixaram eu fotografar", disse.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

A Polícia Militar não permitiu fotos do assaltante. Seu nome também não foi divulgado. O acidente deixou o trânsito lento na Avenida Jabaquara, no sentido centro, durante alguns minutos. A calçada da loja ficou isolada durante a averiguação, até a retirada dos veículos. Durante esse período, as viaturas ficaram no estacionamento do WalMart. Não há registro de pessoas feridas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo