Saiu da Prisão na manhã desta sexta-feira (12) a detenta Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão pelo assassinato dos pais, e deve voltar na próxima quarta-feira (17); o noivo foi buscá-la no portão da penitenciária.

Ironicamente, a "moça jovem" que matou os pais, saiu hoje da Penitenciária Feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé, para comemorar o dia das mães, isso graças à "saidinha", que é um beneficio dado aos presos do semi-aberto que demonstram bom comportamento enquanto detentos.

O benefício não se estende aos presos do regime fechado, a Lei de Execução prevê saída temporária para visitar a família, que pode ser concedida cinco vezes ao ano.

Benefício

O benefício da saída para todos os presos do semi-aberto se estende à 5 datas comemorativas:

a) Natal/Ano Novo;

b) Páscoa;

c) Dia das Mães;

d) Dia dos Pais;

e) Dia das crianças.

O preso que não retornar até o prazo será considerado foragido.

Saída no ano passado

Na páscoa do ano passado (2016), Suzane teve sua primeira saidinha autorizada, após a progressão do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015.

Na época, causou grande polêmica entre os internautas que ficaram indignados pela natureza hedionda do crime de Suzane. Muitos chegaram a questionar a decisão, pois a saídas servem para visitar a família, sendo que Richthofen assassinou a sangue frio os pais, para ficar com a herança.

Saída de Suzane, divide opiniões

Enquanto muitos acham um absurdo Suzane ter direito à saída, outros acham normal, e defendem que o benefício visa a ressocialização.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Entre os comentários, ressalto alguns que chamaram a atenção nas redes sociais:

Favoráveis:

"Não entendo a raiva desse povo, se a lei diz que todas as detentas tem direito a visitar suas mães, então por que essa moça não pode também ? Chega de ódio, por favor!", escreveu nos comentários do G1 Giovanna Fisher.

"Linda mulher, foi seduzida e mal influenciada ainda jovem e fez uma bobagem, todos já fizemos besteiras nessa vida, não devemos criticá-la e sim torcer para que ela seja feliz, que tenha uma família, filhos e quem sabe virar crente, ser obreira e salvar almas, força menina o país torce por você sim", declarou Ricardo Vilai.

Comentários contra a saidinha

"Uma pessoa que é capaz de matar os pais tinha que ficar atrás das grades pelo resto da vida, saidinha das mães? Piada! Só no Brasil mesmo, vai visitar a mãe no cemitério??", comentou Sérgio Silva

"Com está nossa justiça este país não tem a mínima chance de um dia melhorar, uma justiça que libera uma condenada por matar a mãe no dia das mães, onde vamos parar?!", comentou Cleber Quadros.

E você? Qual sua opinião sobre o caso?

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo