A mãe de uma criança registrou um boletim de ocorrência na última sexta-feira (18) alegando que o filho teria voltado da creche com dois dentes quebrados e cortes na boca. O caso ocorreu no bairro Vila Abranches, em Ribeirão Preto (SP), e será investigado pelo 8º Distrito Policia por lesão corporal culposa. O menino de apenas dois anos passa bem.

Segundo informações do berçário municipal do CEI (Centro de Ensino Infantil) Cecílio Fraguas, nenhum incidente foi registrado na unidade envolvendo alguma criança.

A avó do garoto, Eliane Dearo, relatou que ela e o genro teriam pegado o menino na porta da creche e os três foram para casa caminhando. A idosa ainda afirmou que a criança teria se alimentado e depois passou o restante da tarde assistindo TV até a mãe chegar do trabalho.

Eliane confirmou que notou um inchaço no rosto do neto, mas pensou que fosse por causa da soneca que sempre tira a tarde na creche.

Quando a mãe do garoto chegou do trabalho, notou que ele estava com o rosto inchado devido algum trauma. Depois de escovar os dentes do filho, ela percebeu que faltava, dois dentes na frente.

Naiara Dearo, a mãe do garoto, registrou o boletim devido ao fato de que a creche não a informou sobre o que teria acontecido com o filho. O pai relatou que o menino não sofreu nenhum acidente no caminho para a casa.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Vagas Governo

A direção da creche municipal Cecílio Fraguas emitiu uma nota negando que tenha acontecido algum acidente com a criança enquanto estava em seus cuidados. A creche ainda informou que a criança ficou sob os cuidados dos professores o tempo todo em que esteve no local e nenhuma testemunha alegou que teria ocorrido qualquer incidente.

Ainda segundo a direção, o pai não relatou nenhum problema com a criança quando o mesmo foi buscá-lo, por esse motivo, a escola só teria tomado conhecimento da denúncia nesta segunda-feira (21).

Uma matéria publicada pelo jornal A Cidade de Ribeirão Preto informou que existe uma lotação de 16% em escolas municipais para crianças de até três anos na cidade.

Segundo a matéria, cerca de 91 das 574 turmas estão sobrecarregadas, uma média de 96 alunos a mais que o esperado.

A creche Cecílio Fraguas está entre as unidades municipais que aparecem na pesquisa com salas de aula com superlotação de crianças.

Segundo os dados oficiais da Secretaria de Educação de Ribeirão Preto, a média é de cinco a seis crianças para cada professor responsável no berçário.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo